bortollos
lalu kids
(67) 99826-0686

Julianna Peña critica Ronda Rousey: 'Se esquivou de mim o tempo todo'

Campeã da 18ª temporada do The Ultimate Fighter afirma que gostaria de ter sido a pioneira a destronar "Rowdy': "Escolhia suas lutas a dedo desde o primeiro dia"

12 JAN 2017
Globo Esporte
07h37min
Foto: Evelyn Rodrigues

Campeã do TUF 18, Julianna Peña não tem uma boa relação com Ronda Rousey desde a época que a ex-campeã treinou o time rival durante o reality show. "The Venezuelan Vixen", que já criticou "Rowdy" diversas vezes, voltou a colocá-la em sua alça de mira.

Em entrevista para a rádio "SiriusXM", Peña acusou Ronda Rousey de evitar enfrentá-la e afirma que é uma atleta subestimada na organização.

- É um saco a Ronda ter se esquivado de mim esse tempo todo. Quando eu era do TUF, e o Dana permitiu que as mulheres entrassem no UFC, ela estava lutando contra uma adversária, enquanto eu enfrentava quatro em sete semanas. O motivo pelo qual eles não contabilizam aquelas lutas é porque seria ilegal. Seria ilegal permitir um monte de lutas em um curto espaço de tempo. O que me deixava louca é que limpei o time dela todo. Ela deveria ter tido vontade de me enfrentar em vingança a isso. O que me deixa louca foi não ter sido eu (a destroná-la). Ela se esquivou de mim o tempo inteiro. E eu não era a única capaz de destroná-la. Ela escolhia suas lutas a dedo desde o primeiro dia. O nome dela é Ronda Rousey e foi criada para ser intocável.

Em ascensão - são quatro vitórias e nenhuma derrota no Ultimate - Peña se aproxima cada vez mais da disputa de cinturão, atualmente sob posse da brasileira Amanda Nunes. A lutadora da Sikjitsu pode garantir a vaga de desafiante no próximo dia 28, no UFC Denver, quando enfrentará Valentina Shevchenko, também candidata ao posto.

- Constantemente eu assisto aos vídeos dela. Achei todos os vídeos dela das profundezas da internet. Acordo pensando nela, vou dormir pensando nela. Está sempre na minha mente. A obsessão que tenho por ela é um pouco doida, é por isso que quero provar a mim que sou a força a ser considerada nessa divisão, conforme venho falando. Sou aquela que deve ser temida. As lutadoras não querem ficar trancadas no cage comigo porque sou um animal doido, uma máquina, que está indo para matar.

 

Veja também