zé ramalho
RACIONAIS
(67) 99826-0686

McLaren deve romper com Honda e fechar com Mercedes, diz jornal

A escuderia está em negociação avançada com a Mercedes para firmar parceria na próxima temporada

13 JUN 2017
Redação
17h30min
Foto: Divulgação

A McLaren está próxima de romper acordo com a fornecedora de motores Honda. Segundo o jornal "Daily Mail", a escuderia está em negociação avançada com a Mercedes para firmar parceria na próxima temporada.

A Mercedes fornece motores para outras equipes da Fórmula 1. Além do time próprio, a escuderia alemã cede seus motores para a Williams e Force India.

McLaren e Honda voltaram a competir juntos em 2015. A expectativa era reviver a parceria de sucesso dos anos 80. No entanto, os resultados da McLaren/Honda de 2015 para cá foram decepcionantes.

O acordo entre a escuderia inglesa com a fornecedora de motores japonesa tem validade até 2024.

Para largar a Honda durante o contrato, a McLaren terá de pagar indenização de 78 milhões de libras (R$ 327 milhões na cotação atual).

O rompimento também traria algumas indefinições. A Honda contribui anualmente com 80 milhões de libras (R$ 335 milhões) para ajuda no pagamento do salário de Alonso e pagamento de pesquisas de desenvolvimento do carro da McLaren.

Estrela da escuderia, Fernando Alonso já adiantou que buscará um novo time caso a McLaren não apresente uma proposta séria de evolução. Desiludido com o time já no começo da atual temporada, Alonso abriu mão de disputar o GP de Mônaco para competir as 500 Milhas de Indianápolis.

Veja também