(67) 99826-0686
ALMS NOVEMBRO/ DEZEMBRO

'Meu pai deixou legado e foi maior apoiador do jiu-jitsu no Brasil', diz filho de Carlson Gracie

Mestre de jiu-jitsu, Carlson Gracie Júnior é filho do lendário lutador Carlson Gracie

15 SET 2018
Rodson Willyams
12h48min
Carlson Gracie está em Campo Grande. Foto: André de Abreu

Orgulhoso do legado deixado pelo pai, Carlson Gracie, o mestre de jiu-jitsu, Carlson Gracie Júnior, diretor-geral da equipe pelo mundo, homenagerou o genitor durante evento em Campo Grande.

Gracie Júnior está na Capital de Mato Grosso do Sul neste sábado (15) ministrando as mais recentes técnicas da arte marcial. Durante a aula inaugural, em conversa com os alunos, o tema inevitavelmente é o pai, uma das maiores lendas do esporte brasileiro.

"O interesse é muito grande em saber quem foi o Carlson Gracie, sobre as decisões que ele teve na vida. Enquanto eu era pequeno também não entendia as decisões que ele tomava. Mas hoje venho aprendendo com tudo que ele sempre empregou, o que falou,  da filosofia de vida, de como tratava as pessoas e o porquê. Agora faz muito sentido", explica.

Júnior ainda afirma que o pai foi pioneiro na introdução do esporte no Brasil. "Ele deixou legado muito grande, foi o maior difundidor do esporte no Brasil, se não fosse ele, não estaríamos aqui hoje", diz orgulhoso.


Conversa com os alunos. Foto: André de Abreu.

Por outro lado, tece críticas sobre as 'competições de fundo quintal' que não assumem o compromisso de difundir o jiu-jitsu. "Hoje em dia, como virou um negócio, muita gente tem interesse em ganhar dinheiro, faz um campeonato de fundo de quintal. Para essas pessoas, tenho uma visão diferente, porque não querem difundir o esporte. Mas como não tem lei que proíba, quem sou eu pra falar alguma coisa".

Gracie Júnior ainda afirmou que quem chega no MMA nem sempre tem qualidade. "O cara que consegue chegar a um certo nível do MMA, lutar na televisão, esse cara tá muito bem. É reconhecido com lutador. Mas agora quanto ao nível técnico, isso eu não sei dizer se é bom ou ruim. O importante é que está famoso".

Troca de experiência

O professor Isaias, que tem equipe em Campo Grande em homenagem a Gracie pai, que foi seu professor, e tem Junior como amigo e companheiro de treinamento, disse que a equipe se prepara para fazer palestras a outros integrantes no mundo.

"Ano quem vem, vamos inverter. Vamos para o Estado Unidos, para ministrar seminários e trocar experiências. Devemos fazer um tour por Miami, Boston e vários lugares falando sobre o nosso trabalho", comenta o professor.


Professor Isaias recebeu o amigo Carlson Gracie. Foto: André de Abreu.

Ele ainda afirma: "eu continuo sendo aluno da educação Gracie. O filho dele era meu parceiro de treino desde quando tinha 20 anos de idade, hoje tenho 35 anos de luta. Essa ligação que tenho com o Jr. é ótima, é uma ligação de camarada e de respeito em prol da pessoa que me formou em ser o Isaias".

Veja também