(67) 99826-0686

Pneus novos e aerodinâmica radical farão carros 4s5 mais rápidos em 2017

Previsão da Pirelli é de que monopostos da F1 ganhem, por volta, 2s5 segundos em função de compostos mais largos e mais 2s com novo pacote aerodinâmico agressivo

27 SET 2016
Globo Esporte
09h27min
Foto: Divulgação

Os carros atuais da Fórmula 1 já são muito velozes, ainda que muita gente pense o contrário em função do barulho, que é menor que o dos seus antecessores. Mas basta dar uma olhada na tabela de tempos para ver que as máquinas são realmente rápidas. E apesar disso, os carros ficarão ainda mais rápidos em 2017, quando passarão por diversas mudanças na estrutura e aerodinâmica. De acordo com o chairman da Pirelli, Marco Tronchetti, os modelos do ano que vem deverão ser até 4s5 mais rápidos - por volta - que os deste ano. E isso graças aos novos pneus mais largos (cerca de 2s5) e ao novo pacote aerodinâmico mais agressivo (2s de ganho, aproximadamente).

- Na temporada que vem os carros serão 4s5 mais rápidos, de acordo com nossos cálculos – disse Tronchetti.

Além dos compostos, os carros de 2017 serão mais largos como um todo, com a asa traseira mais baixa, dando um visual agressivo aos modelos do ano que vem. Se a previsão da Pirelli for confirmada, os recordes absurdos de volta anotados durante a temporada de 2004, quando os carros usavam motores V10, deverão cair gradativamente. Em testes de pneus ao longo desta temporada, já foi possível ver uma prévia do caminho dos visuais dos carros para o próximo ano.

Veja também