ALMS CONTAR 25/06 A 27/06
(67) 99826-0686

Bloco Capivara Blasé estreia na Capital com show da bateria da Vila Carvalho e Sampri

#Carnaval2014

4 MAR 2014
Renan Gonzaga
06h00min
(Foto: Renan Gonzaga)

Nem a forte chuva que caiu durante a tarde desta segunda-feira, dia 3 de março, desanimou os foliões em Campo Grande. Pelo menos na estreia do bloco Capivara Blasé, que lotou a rua Doutor Temístocles, na Vila dos Ferroviários, com shows do grupo Sampri, bateria da Vila Carvalho e Juci Ibanez.


O nome do bloco, criado pelo Mercado Cênico, é uma brincadeira com o jeito blasé do campo-grandense, e também faz uma homenagem ao maior mamífero terrestre, que virou símbolo da Capital, a capivara. A intenção, segundo a organização, é ser “popular e livre”.


A pancada de chuva que caia durante a tarde, pouco antes do horário marcado para a concentração começar, apenas atrasou a chegada do público na Vila dos Ferroviários. O início do evento estava marcado para começar as 16h, mas foi só ao cair da noite que a maioria dos foliões deram as caras.


(Foto: Renan Gonzaga) 

 

“Mesmo com o toró d'água que caiu hoje a tarde eu não desanimei. Fiquei curiosa para saber como seria a estreia do bloco. Achei o nome interessante, tinha internet grátis também, foi mais um incentivo”, brincou a universitária Camila Alves.


Tentando unir a tradição dos antigos carnavais com a modernidade da internet, o bloco ofereceu acesso livre à rede, por meio de Wi-Fi, para os foliões que quisessem publicar fotos nas redes sociais. Na página oficial, a organização sugeria a hashtag #CapivaraBlase nas postagens.

 

“É legal porque a gente posta fotos no Instagram e no Facebook, daí as pessoas ficam sabendo e acabam querendo vir. Meu amigo acabou de me ligar porque viu uma foto que postei, agora está vindo me encontrar”, revelou a jovem Vivian Santos.


(Foto: Renan Gonzaga)


Quem animou os foliões, das 16h às 23h, foram as cantoras Ana Cabral e Juci Ibanez, os grupos Sossega Leão e Sampri e a bateria da Vila Carvalho. O bloco interditou a rua para que o público pudesse sambar ao som de marchinhas de carnaval, mpb, samba e músicas regionais.


Para a maioria dos foliões, a estreia do bloco foi um sucesso. “Eu gostei, foi bem animado. O som tocou direto, as pessoas dançaram e se divertiram. Com certeza ano que vem estarei aqui novamente para curtir. Carnaval é isso, é alegria”, disse a estudante Viviane Souza.


(Foto: Renan Gonzaga)

Veja também