(67) 99826-0686
IPVA

Bruxa da Sapolândia e Noite de Los Muertos revivem mitos e histórias sobre o 31 de outubro

Doces ou Travessuras?

31 OUT 2013
Marithê Lopes
16h00min
Foto: Divulgação

Último dia do mês de outubro, comemorado o famoso Dia das Bruxas, fantasmas, palhaços e bonecos possuídos pelo ritmo ragatanga que, na verdade, são mesmo injustiçados. O Jason, só tem excesso de raiva, normal pra quem passou o dia no trânsito. O Chucky, é um ruivão camarada, só precisa de um Gepetto em sua vida. A Samara, é uma moça do bem, mas precisa ir ao cabeleireiro. Ícones do mal à parte, os moradores mais antigos de Campo Grande conheceram a história da bruxa que atormentou por algum tempo os moradores da Capital.

 

A região do bairro Cohafama e início do bairro Taquarussu na década de 70 era conhecida pelo coaxar dos sapos que viviam nos solos lodosos. A região onde hoje existe o bairro Cohafama, dali até o início do bairro Taquarussu, onde atualmente é o Shopping Norte Sul, tempos atrás era conhecida como Sapolândia. Isso, por conta do intenso coaxar dos sapos que ali viviam, conjugado ao solo lodoso.

 

Uns dizem que ela matava por solidão, outros para vingar os filhos que nunca teve, ou ainda que fazia feitiços com o sangue das crianças. Existem alguns poucos defensores. Estes afirmam que a tal senhora só era feia e vestia-se mal, descuidada com os cabelos, tinha os olhos arregalados e não era dada a conversas. Uma bruxa, com certeza. A bruxa morreu? Foi presa? Difícil saber. Melhor confiar na sabedoria dos mais velhos. O Shopping engoliu a Sapolândia, que já não existe mais, resiste apenas em memórias.

 

Noite de los Muertos em Campo Grande 
Comerciantes da Antiga Rodoviária promovem festa “Los Muertos” no próximo dia primeiro de novembro a fim de comemorar o "Día de Los Muertos" que é festejado no México, com fantasias, doces, música e as cidades mexicanas festejam esse dia, celebrado em 2 de novembro. Segundo a crença local, os falecidos voltam às suas casas na data, para visitar os parentes vivos. Por isso, as famílias preparam altares repletos de objetos e comidas do gosto daquele que se foi. A tradição é tamanha que foi declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

 

 

Serviço
O prédio da Antiga Rodoviária está localizado na Rua Joaquim Nabuco, 200, bairro Amambaí. Quatro bandas de rock da Capital foram convidadas pra animar a festa: Fábio Corvo e os Malditos do Cerrado, Small Fish, Strangers e Hollywood Cowboys, além do DJ Givago Oliveira que irá discotecar nos intervalos dos grupos. Os convites custarão R$ 10 reais e o objetivo do evento é angariar fundos para realização de reformas no prédio.

 

Veja também