(67) 99826-0686
Origem - entregas

Dá para aproveitar o fim de ano sem engordar?

Gostosuras

26 DEZ 2013
Renan Gonzaga
07h10min
Campo-grandenses exageram na ceia de Natal. Foto: Reprodução.

Você, como a maioria das pessoas, espera o Natal e o ano novo para - além de outras coisas - comer bastante, pode confessar. A ceia farta é uma tradição das famílias campo-grandenses e do resto mundo. Mas é fato que o povo de Mato Grosso do Sul capricha nas comidas fortes e gordurosas, como pernil, tender, farofa, sobremesas e álcool.


Este período de festas é também de encontro e comemorações, porque grande parte das famílias aproveitam as férias para se reencontrar e celebrar ao lado de parentes, com muita comida. É só olhar na sua timeline no dia 25, vai encontrar seus amigos ostentando refeições que vão desde a ceia até o jantar com as “sobras” do almoço.

 

Não consigo levantar”, brinca a estudante de Direto Nathalia Souza depois de almoçar um cardápio que oferecia peru, pernil, farofa, salpicão, vinagrete, arroz normal e com frutas e azeitonas. Segunda ela, seus pratos favoritos, que são churrasco e salpicão, foram saboreados “sem dó nem piedade”.


A jovem imagina que entre os dias 24 e 25 engordou aproximadamente dois quilos. “Foram muitos pavês, chocolates e panetones”, afirma. Sua mãe e sua madrinha adoram cozinhar e montaram uma mesa “enorme e farta”, até com opções que ninguém chega perto na hora da ceia, como as frutas.



Jessica Heritier, de 22 anos, bem humorada, compartilhou uma montagem no facebook que mostra uma boneca magra na véspera de Natal, e já no dia 25, bem gordinha. Isso porque, segundo ela, seu carpádio na ceia foi carne de porco, salpicão, carne assada, filé mignon ao molho, rondelli de presunto e queijo e arroz com uvas passas.


Ela explica que o bom de comer no fim de ano é porque nesta época todos as comidas gostosas são servidas em uma única refeição e por isso não dá para escolher um prato só. “Sou gorda e gosto de tudo”, afirma.


Assim como Jessica, as outras pessoas nas redes sociais só falavam sobre comida, seja postando fotos ou comentando nos status. Uma personagem fictícia famosa, a Irmã Zuleide, que possui 4,3 milhões de curtidas, foi um dos perfis que mais satirizou quem comeu bastante na data comemorativa.



Apesar do tom de piada, manter uma boa alimentação durante esta época é um verdadeiro desafio e os excessos podem custar caro à saúde, porque o organismo tem dificuldade de metabolizar a sobrecarga de alimentos e os resultados podem ser desagradáveis.

 

Vou dar uma segurada até o ano novo e evitar muita bebida e comidas pesadas, aí no réveillon recomeço a comer, depois do segundo dia de janeiro faço uma dieta e uma caminhada. Vai ser ótimo”, comenta a jovem Nathalia Souza sobre o que vai fazer para evitar arrependimentos e cuidar da saúde ao mesmo tempo.


Fica a dica para quem exagerou no Natal e pretende comer mais ainda no ano novo. 2014 está aí, e já hora de pensar no próximo #projetoverão. Vale a pena ter cuidado para evitar a intoxicação alimentar e a desidratação, comuns nesta época. E se você vai mesmo entregar as tentações, força na hora de correr atrás dos prejuízos.

Veja também