Menu
sábado, 16 de janeiro de 2021
Algo mais

Mulher com aneurisma cerebral desmaia com dores de cabeça e cirurgia custa R$ 91 mil

Filha está em busca de ajuda para conseguir operação; situação é grave

04 janeiro 2021 - 09h38Por Mariana Rodrigues

A babá Sandra Paes Ortiz está desesperada em busca de ajuda para que a mãe possa fazer uma cirurgia que custa R$ 91 mil. O aneurisma cerebral foi descoberto há pouco tempo, após alguns exames serem feitos e a doença descoberta. 

Conforme informações de Sandra, a mãe Maria Aparecida Paes de Arruda, 56 anos, mora na área rural de Campo Grande e tira sua renda das vendas de verduras que ela mesmo cultiva. 

Dona Maria precisou fazer alguns exames, o cateterismo cerebral e cardíaco, ambos pedidos pelo médico cardiologista. Esses exames não são feitos pelo SUS (Sistema Único de Saúde) e custam R$ 2.500 cada. 

“Nós conseguimos um desconto e cada exame saiu por R$ 1.200. Nós fizemos promoção de pizzas e algumas pessoas nos ajudaram a conseguir esse dinheiro e pagar os exames”, conta Sandra. Com o resultado desses exames em mãos, a família descobriu o aneurisma cerebral. 

Por orientação médica, a dona Maria, que é mãe de sete filhos, ainda não sabe da doença. “O médico que fez o exame, um neurologista, nos falou que não é bom ele saber porque está muito grande e, se ela souber, pode subir a pressão e vir a romper”. 

Agora a família, que está desesperada, corre contra o tempo para tentar arrecadar os R$ 91 mil e cessar o sofrimento de dona Maria, que vive com crises fortes de dor de cabeça em que ela chega a desmaiar. “Ela está tendo crise de dor de cabeça do lado esquerdo, quando ataca, ela desmaia. Ontem (sábado, 2 de janeiro) mesmo, ela passou mal com dor de cabeça do lado esquerdo onde é o aneurisma, e ela desmaia”, lamenta Sandra. 

“Estamos desesperados porque não sabemos a quem recorrer. A minha mãe que sempre ajudou muitas pessoas hoje e ela que está precisando de ajuda”. 

De acordo com informações de Sandra, a mãe precisa da cirurgia com urgência. Para que seja feita pelo SUS, ela precisa entrar em uma fila de espera, mas devido aos desmaios constantes e a gravidade da doença (os resultados dos exames foram apresentados a nossa equipe de reportagem), a dona Maria precisa da ajuda para fazer a cirurgia na rede particular de saúde. 

Para ajudar, a família criou a vaquinha virtual, que pode ser acessada aqui. Pela vaquinha virtual pode ser doado qualquer valor, mas até o fechamento dessa matéria, as doações eram de apenas R$75. Quem quiser mais informações sobre o caso pode falar diretamente com a Sandra pelo (67) 99330-3789.