TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
quinta, 30 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
Algo mais

Gêmeos nascem em parto raro na maternidade do Hospital Regional de Ponta Porã

Um dos bebês nasceu pélvico e dentro da bolsa amniótica

28 março 2020 - 15h50Por Nathalia Pelzl

O nascimento dos gêmeos Adrian e Alisson chamou atenção dos profissionais de saúde da maternidade do Hospital Regional Dr. José de Simone Netto, em Ponta Porã (MS).

De acordo com a assessoria do hospital, a mãe, Letícia Martinez, 28 anos, chegou à maternidade no dia (24) em trabalho de parto e se surpreendeu ao dar à luz a dois meninos, um dos bebês nasceu dentro da bolsa amniótica e na posição pélvica (sentado) durante parto raríssimo.

Segundo especialistas, esse tipo de nascimento acontece apenas 1 a cada 80 mil partos. 

“O ultrassom tinha mostrado que seria uma menina, mas quando estava em trabalho de parto, vieram dois meninos. Estou surpresa, principalmente por um deles ter nascido com a bolsa íntegra e sentado”, contou Letícia Martinez.

Mãe de outros cinco meninos, Letícia comenta que após cair em casa começou sentir contrações e resolveu ir até a maternidade. “Passei pela triagem e fui encaminhada para a sala de parto, após ter o primeiro bebê. Se passaram 20 minutos e tive o segundo bebê que nasceu dentro da bolsa. Estou até agora surpresa com tudo que aconteceu”, disse.

Ainda segundo a assessoria, a enfermeira obstetra que acompanhou o parto, Juliana Turci, explica que o parto natural de gêmeos não é tão comum. “Normalmente é realizado cesárea em gestação gemelar, o primeiro bebê nasceu encefálico posição da (cabeça), o segundo veio pélvico na posição (sentado) e empelicado, situação que ocorre quando a bolsa amniótica não rompe antes do nascimento, uma condição rara. Nunca tinha presenciado algo assim, foi uma experiência única e apaixonante”, disse.

Os gêmeos Adrian e Alisson e a mãe Letícia passam bem, porém necessitam de itens essenciais de cuidado e higiene pessoal*. “Como temos outros cinco filhos em casa, estávamos desprevenidos. Nossa família está aceitando doações de carrinhos de bebê, roupas e fraldas descartáveis”, disse Letícia Martinez.

*As doações podem ser encaminhadas para o serviço de Assistência Social do Hospital Regional de Ponta Porã (R. Baltazar Saldanha, 1501 - Centro).