Menu
terça, 18 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Algo mais

Grupo causa alegria por onde passa, apenas pedindo sorrisos em troca

09 outubro 2015 - 14h08Por Amanda Amaral

O domingo é considerado o dia universal do descanso, de dar uma pausa no trabalho e recarregar as energias, mas não para os ‘Causadores da Alegria’. Bom, a parte de recarregar as energias, na realidade, tudo tem a ver com as atividades elaboradas por esse grupo de mais de cinqüenta voluntários, que têm a intenção de levar amor e atenção para milhares de pessoas em Campo Grande, ao menos um domingo por mês.

A ideia surgiu em 2013, a partir de uma sugestão dentro de uma sala de aula na escola Maria Lago Barcellos, dada pelo professor de química Fernando Gomes Efigênio dos Santos, que conta que muitos de seus alunos abraçaram a atitude de ajudar o próximo desde que realizaram a primeira ação social de suas vidas. “Não é fácil organizar tudo, mas é uma coisa que te transforma. Nós levamos ajuda, mas o que recebemos de volta é engrandecedor. Tem gente que está no ‘Causadores’ desde o comecinho, é bonito de ver”, diz o professor e coordenador do grupo.

 

Professor e idealizador do grupo, Fernando dos Santos. Foto: Amanda Amaral 

Desde então, eles têm se organizado cada vez melhor ao visitarem asilos, orfanatos e bairros carentes da Capital, distribuindo lanches, doces, realizando brincadeiras, sorteios e outras atividades de lazer.

A última ação, a 31ª desses três anos, foi realizada em celebração ao mês das crianças, no domingo (04), no bairro Jardim Los Angeles, região sul da cidade. Centenas de crianças e pais moradores de uma das áreas mais carentes de Campo Grande receberam, com sorrisos e já pela segunda vez, o evento especial.

 Foto: Amanda Amaral

A estudante de pedagogia Ana Paula Cardoso, 32, participava pela primeira vez de um programa assim e disse estar contente de poder compartilhar de um momento feliz com vizinhos e o filho Rudah, de seis anos. “Uma colega ficou sabendo e me chamou, acho que isso deveria acontecer sempre. As crianças são muito necessitadas de cultura, lazer e educação. Trabalho com teatro e fiquei com vontade de me envolver como voluntária das próximas vezes”, disse Ana, que mora no Jardim Canguru, nas proximidades do Los Angeles. 

Responsável pela Associação de Moradores do bairro e assistente social, Maria Diva da Silva conta que a região, com cerca de 5.580 famílias, segundo ela, sofre certo abandono do poder público e da sociedade em geral. “Dias como esse são especiais para os moradores, que não podem contar com uma boa praça, um Ceinf (Centro de Educação Infantil), programas culturais, além de direitos básicos como unidades de saúde completas e com acessibilidade”, diz.

Ela está a frente de alguns projetos sociais que atendem também os bairros próximos, para incentivar a união familiar e a arte, mas relata que a parceria com o ‘Causadores da Alegria’ já está na agenda dos moradores como “um dos melhores momentos do ano”. Para dezembro, já está sendo preparada uma versão natalina da ação no mesmo local.

 Foto: Amanda Amaral

Para saber mais sobre e conferir a agenda do grupo de voluntariado, basta acessar a página de Facebook e o Instagram dos ‘Causadores da Alegria’.