(67) 99826-0686
Camara - marco

No dia do Mundial do Macarrão nada mais justo que apreciar um sobá campo-grandense

Gastronomia

25 OUT 2013
Marithê Lopes
14h45min

Dia 25 de outubro, é comemorado o dia Mundial do Macarrão. Se ele veio da China ou da Itália não importa. O que interessa mesmo é que um bom prato de macarrão já caiu no gosto do brasileiro há tempos. A delícia, que pode ser servida com diversos molhos e de várias maneiras e aqui em Campo Grande não é diferente, o sobá há tempos caiu no gosto do povo.

 

No início era só um prato dos imigrantes que vieram de Okinawa para as terras de Mato Grosso do Sul, que o consumiam reservadamente, por receio de serem taxados de exóticos. Só que os habitantes locais, por curiosidade, resolveram experimentar e o sobá dos okinawanos caiu no gosto popular.

 

O sobá de Campo Grande sofreu adaptações a partir da receita original do Okinawa Sobá, e adquiriu o status de bem cultural de natureza imaterial. O sobá é originalmente feito com macarrão de trigo sarraceno, mas em Campo Grande ele é feito com farinha branca, mais próxima do udon. A Feira Central da Capital é o lugar mais tradicional para apreciar o melhor sobá da cidade.

 

A história do macarrão

Pesquisadores apontam que ele surgiu há mais de 10 mil anos. Outros dizem que ele foi levado para a Itália pelo navegador Marco Polo, durante viagem para a Índia, no final do século XIII. Mas tudo não passa de hipótese. O certo é que há 17 anos, durante um Congresso do Macarrão, em Roma, foi criado o Dia Mundial do Macarrão, comemorado hoje.

 

Iguaria tipicamente italiana, foi por lá que essa deliciosa mistura de ovos e farinha recebeu vários formatos (finos, grossos, furados) e se juntou a diferentes molhos. Foram esses mesmos italianos, os imigrantes, que trouxeram essa iguaria para o Brasil no século XIX. Em Fortaleza, o macarrão tem bastante destaque em muitos dos restaurantes da cidade e já ganhou o paladar do cearense.

 

Especialistas apontam que o ideal é a iguaria ser degustada sem muito molho. Quando colocado em excesso, perde-se muito a textura da massa, como o sabor e as sensações da pasta. O mesmo acontece com uso de azeite. Se você é daqueles que adora ensopar a massa com muito azeite, é melhor colocá-lo no pão que está acompanhando o macarrão. E, definitivamente, o queijo parmesão é a melhor opção para uma massa, já que tem o perfeito equilíbrio de doce e acidez. Além disso, acompanha qualquer molho.

 

Veja também