(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Os acontecimentos do Orkut que mostram o quanto você envelheceu

Uma década de histórias

26 JAN 2014
Renan Gonzaga
06h00min
(Foto: Reprodução)

Digamos que o site de Orkut Büyükkökten teve seu auge no Brasil entre 2005 e 2010, época em que era considerada ultrapassada a pessoa que não tinha um perfil na rede social. Afinal, quem nunca ouviu a famosa frase da década passada “Se você não tem orkut, você não existe!”?


Em 2009, com o surgimento do “Novo Orkut”, o site de relacionamentos começou a perder forças por conta da insatisfação de muitos internautas com os - até então - novos recursos. Mas a transição para o Facebook, página conhecida no mundo inteiro, e não só em nosso país, começou mesmo em 2011.


Nesta semana, o site de relacionamentos criado em 24 de janeiro de 2004 completa dez anos e ainda conta com 6 milhões de usuários. Mas, apesar desse número ser relativamente expressivo, não chega perto de dois anos atrás, por exemplo, quando o orkut tinha mais de 30 milhões de brasileiros ativos mensalmente.


E quem continua acessando diariamente o site afirma que enquanto o Facebook não disponibilizar um espaço para discussões, como os fóruns das comunidades, o Orkut ainda terá um diferencial. “Gosto muito de te-las para fazer download de alguns seriados e álbuns musicais. Prefiro fazer isso do que jogar no Google e cair num site com vírus”, justifica o jovem Rodrigo Rodrigues.


Rodrigo acessa o Orkut na versão mobile. (Foto: Renan Gonzaga)


Aos 24 anos, ele acessa a rede social há tanto tempo que nem se lembra quando criou seu perfil. No começo os usuários só podiam fazer upload de 12 fotos no álbum, época em que ele, e todos os outros 'orkuteiros', tinham que selecionar bastante as fotos que gostariam de postar. “'Também entro para olhar o álbum de fotografia que fiz na minha adolescência”, relembra.


Segundo dados do Serasa Experian, apesar dos pesares a rede ainda é a quarta maior do Brasil, com 0,97% da participação em outubro de 2013. Muitas águas rolaram desde 2004, e relembrar os fatos mais marcantes do site mostra o quanto os orkuteiros estão velhos. Confira um lista de acontecimentos que marcaram a rede durante seu auge:


O SCRAP DA KATILCE – Em 2006, quando o U2 se apresentou no Brasil, a bancária Katilce não imaginou que ao subir no palco, dançar e beijar o vocalista Bono Vox, sua página de scraps viraria uma espécie de chat do UOL durante o show. Tanto que teve gente usando até como classificados nos dias que sucederam o evento.

 


A SOLIDÃO DE SEU CALIXTO – Todos sabem que o orkut era uma ótima ferramenta para encontrar amigos antigos. E o senhor Calixto Silva resolveu utilizar o site para procurar os formandos de 1981 na comunidade da Uni Sant'Anna. Tentou entre 2004 e 2008, sem sucesso. Mas acabou virando um clássico da rede social.



O MENINO QUE DESCOBRIU QUE O GOOGLE EARTH NÃO ERA AO VIVO – Rodrigo entrou na comunidade do Google Earth em novembro de 2006 para postar a confirmação de suas suspeitas: A ferramenta não exibe imagens ao vivo. "Mandei meu o irmão ficar lá fora de casa por mais de uma hora e eu fiquei aqui abrindo e fechando o Google Earth o tempo todo. E ele não apareceu!", escreveu o garoto desapontado.



O FIM DA COMUNIDADE 'DISCOGRAFIAS' – Em 15 de maço de 2009 a comunidade que era lugar de encontro daqueles que gostavam de baixar álbuns sem utilizar torrent ou o também 'falecido' MegaUpload, foi fechada por problemas que envolviam diretos autorais. Um dia triste para os orkuteiros.



LINDOMAR, O SUB-ZERO BRASILEIRO – O fato aconteceu em 2002, mas foi viralizado anos depois no Orkut. O vídeo mostra um homem que aplica um golpe conhecido popularmente como “voadora” na babá que foi filmada batendo em três crianças no interior de Goiás. Por conta complexidade do ataque, foi comparado ao personagem da famosa série intitulada Mortal Kombat.


Veja também