TCE MAIO
(67) 99826-0686

Projeto de financiamento coletivo oferece até show em casa para reviver sonho antigo

Subcultura Records promove ação com apoio de amigos e pretende voltar à ativa ‘com força total’ no próximo ano

18 DEZ 2016
Amanda Amaral
10h00min
Foto: Diogo Gonçalves

Há dois anos, a Subcultura Records saiu dos sonhos do carioca Pietro Luigi e Yasmin Santiago para a realidade e, desde então, resiste principalmente pela vontade de fazer dali um espaço de arte, boa conversa e amizade que não existia em Campo Grande. Contudo, os proprietários da loja de discos e filmes que, afinal, nunca foi ‘só’ isso, se depararam com contas que não podiam ser mais pagas e, na emergência, fecharam as portas. Agora, a saída para reviver o local é através de um crowfunding, financiamento coletivo que dá recompensas para quem ajuda.

A intenção é que seja levantado o valor de R$ 35 mil, que deve pagar algumas dívidas e servir de pontapé para que a loja funcione em novo endereço. As doações podem ser feitas em valores pequenos, que valem, em troca, desde reconhecimento em um caderno de agradecimentos que ficará na loja permanentemente, a camisetas, DVDs, pocket shows em casa de uma das bandas apoiadoras ou um belo acervo de itens da loja.

Segundo Pietro, há ainda o plano de se realizar outros tipos de ações para levantar o dinheiro necessário. “Pensamos em alguma festa, algum evento parecido com o que costumávamos fazer, com música e comida. É a resistência, né, vamos seguir na ideia de fazer parte da vida das pessoas, não é uma coisa comercial, até porque se fosse isso, abria uma loja online e o problema estaria resolvido!”, relata.

Na descrição da campanha, ele conta um pouco da história que o levou até ali e relembra a sua intensa relação pessoal com o lugar. “Diversas bandas e músicos locais, poetas, pintores, amigos em geral, passaram a frequentar a Subcultura não mais apenas como uma loja mas como uma segunda casa. Fizemos shows de dezenas de artistas (três delas nunca haviam se apresentado ao vivo antes), noites de poesias, festas, dias gastronômicos”, lista, além de citar as ações sociais realizadas por ali.

A campanha segue até o dia 8 de janeiro e, para ajudar, basta entrar no site do crowdfunding, realizar cadastro e escolher o valor a ser doado. Clique aqui para acessar e conhecer um pouco mais da história. O Whasapp para contato é o (67) 99189-4638.

Veja também