Menu
segunda, 19 de outubro de 2020
Algo mais

Projeto Fadas da Castração surgiu há 3 meses e já castrou mais de 90 felinos em Campo Grande

Projeto visa transformar vida de animais de rua e vive de doações e rifas

17 outubro 2020 - 18h10Por Nathalia Pelzl

Há 3 meses, irmãs e amigas decidiram criar um projeto em prol de gatos de rua após notarem o excesso de felinos que estavam abandonados em Campo Grande. Até agora, 91 gatos foram castrados.

A autônoma Priscila da silva Almeida, 35 anos, e a irmã, a advogada Patrícia Silva de Almeida, 33 anos, se juntaram com a amiga, intérprete de Libras Natalia Rosa, 26 anos.

“Sempre fomos amantes de felinos e sempre ajudamos algumas ONGs e trabalhos independentes. Um dia, alimentando alguns gatos no bairro Chácara Cachoeira, percebemos um número muito grande de gatos na região, cerca de 30 gatos ou mais”, revela Priscila, que complementa.

“Foi aí que resolvemos nos unir inicialmente para castrar essa colônia. Criamos o nosso Instagram e, então, começamos a batalha para arrecadação de valores. Porém, vimos que não era só ali que precisava de ajuda, muitos bairros e pessoas carentes também necessitavam, por isso estendemos nosso projeto para outras pessoas”.

O objetivo, segundo elas, é conseguir lar para os ‘bichanos’ após o resgate e castração. Sobre a origem do nome, Priscila explica:

“Queríamos transformar a vida desses animaizinhos de rua, como as fadas têm um poder de transformar num piscar de olhos. Já conseguimos castrar 91 gatos, sempre com doações e rifas”.

As voluntárias comentam que existe dificuldade na doação de gatos adulto e até mesmo na arrecadação de fundos.

“A aceitação de felinos ainda é bem preconceituosa para algumas pessoas, mas graças a Deus tem melhorado muito ultimamente, as pessoas acabam tendo pelo menos um gatinho em casa”, reforça.

Caso alguém tenha interesse em conhecer mais do projeto e ajudar, clique aqui.

Leia Também

'Mucha plata': bolivianos são pegos com R$ 1,5 milhão na fronteira
Interior
'Mucha plata': bolivianos são pegos com R$ 1,5 milhão na fronteira
Jovem é presa ao entrar com dinamite em presídio no Paraguai
Geral
Jovem é presa ao entrar com dinamite em presídio no Paraguai
E o anel? Mulher assiste pornô gay e descobre marido sendo 'devorado' na tela
Geral
E o anel? Mulher assiste pornô gay e descobre marido sendo 'devorado' na tela
Já ouviu falar? Maconha borrifada em papel chegou a Mato Grosso do Sul
Cidades
Já ouviu falar? Maconha borrifada em papel chegou a Mato Grosso do Sul