TCE MAIO
ASSEMBLEIA MAIO DE 2022 2
Menu
quinta, 19 de maio de 2022 Campo Grande/MS
GOV EMPREGO MAIO
Algo mais

De São Paulo, casal pede ajuda para recomeçar após filha nascer prematura em Campo Grande

Mãe e bebê estão internadas na Santa Casa; pai está trabalhando, mas ainda não recebeu

05 maio 2022 - 15h00Por Antonio Bispo

Vindos do interior de São Paulo, o casal Arlindo e Merli chegou em Campo Grande em busca de melhores oportunidades para a filha que ainda estava na barriga da mãe.

Arlindo havia conseguindo um emprego como técnico em refrigeração, mas, durante uma viagem de trabalho, sofreu um grave acidente de carro, que culminou na demissão tempos depois.

Desempregado, ele se viu sem chão ao ver a esposa, com gravidez de risco, entrar em trabalho de parto aos oito meses.

Evellyn nasceu com algumas complicações e precisou ser internada na UTI Neo Natal da Santa Casa, onde permanece até hoje.

Merlin recebeu alta dias depois, mas precisou voltar à unidade por não se sentir bem no pós-operatório.

Arlindo conta que, atualmente, conseguiu outro emprego, mas ainda não recebeu o primeiro salário, que já tem destino certo, os alugueis que estão atrasados há mais de dois meses.

Assim, a alimentação da família está bastante restrita, tendo apenas arroz no armário. Além disso, a bebê precisará de doação de roupas, fraldas, leite e medicamentos para conseguir fortalecer a saúde, assim que sair do hospital.

"Sei que é vergonhoso, mas na minha casa só tem arroz para comer. Minha filha e esposa precisam de mim e eu não tenho mais o que fazer. Já ajudei muitas pessoas, mas nesse momento, eu preciso muito de ajuda", contou.

Quem puder ajudar a família, moradora do bairro Silvia Regina, próximo ao aeroporto, com qualquer tipo de doação, pode entrar em contato pelo telefone (67) 9 9312-4903.