TJ BANNER JUNHO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sábado, 25 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Campo Grande

Academias auxiliam clientes com treinos on-line, mas já sentem reflexos da crise por covid-19

Reunião dos empresários e profissionais do ramo foi realizada nesta terça-feira

15 abril 2020 - 15h00Por Nathalia Pelzl

Algumas medidas foram tomadas para evitar a disseminação do novo coronavírus em Campo Grande, entre elas, o fechamento das academias e polos de atividades físicas em grupo.

Com o isolamento social proposto pelas autoridades, muitos empresários do ramo e profissionais liberais sentiram no bolso. No entanto, mesmo diante das dificuldades, muitos optaram pela divulgação de vídeos com dicas de treinos.

O TopMídiaNews conversou com alguns profissionais. Para o empresário e profissional de educação física, Marcos Freire Junior, 26 anos, no início, a esperança é de que a situação seria ‘resolvida’ rapidamente.

“Com o passar foi se tornando preocupante, principalmente por eu ser empresário e ter os compromissos com folha de pagamento, contratos de aluguel e afins. No momento da paralisação, todos os contratos dos alunos foram trancados, porém, disponibilizamos plataformas (YouTube, Facebook, Instagram) com treinos on-line para todos, treinos gravados e treinos ao vivo para todos nossos alunos”.

Segundo ele, a estimativa de prejuízo até o momento gira em torno de R$ 30 mil. “Sem contar que não temos previsão de retorno, o que pode aumentar os prejuízos causados pelo nosso fechamento”.

Assim como ele, Anderson Valejo da Silva, 35 anos, também é empresário do ramo há 8 meses. Ele havia feito muito investimento em propaganda e divulgação do local. “Quando teve a suspensão já foi um sinal de alerta, passamos um bom tempo trabalhando em marketing para buscar alunos, aí quando veio a suspensão total, muitas pessoas optaram por não pagar”.

“Foi muito triste, como todo empresário, a gente está trabalhando para pagar contas, funcionários, fornecedores”.

O espaço, que oferece aulas de ginástica, ritmos, zumba, musculação e outros, também optou pela tecnologia para não deixar os clientes sem atividades. “A gente faz lives, mas tem alunos que não podem, alunos da terceira idade, alguns que sofrem de ansiedade, depressão, isso nos preocupa. As transmissões das aulas são enviadas no grupo e os alunos podem fazer de casa”.

No entanto, Anderson pontua que, como muitos são autônomos, deixaram de pagar a mensalidade e o plano.

Marcos cita que, apesar da boa aceitação dos treinos nas plataformas on-line, muitos estão perguntando quando volta o atendimento presencial. “Tenho uma grande aceitação em relação aos treinos on-line, porém, nossos alunos e clientes nos relatam que sentem falta da rotina de treinos em nossos espaços físicos, pois, se sentem mais seguros treinando na academia com a presença do profissional”.

Profissional liberal

Nos dois exemplos acima, os profissionais são empresários, porém, no ramo também há aqueles profissionais que atuam de forma autônoma, a exemplo da personal Fernanda Campos de Freitas, 25 anos, que não imaginava, mas esperava que a situação fosse prolongada.

Ela cita que alguns alunos também deixaram de colocar os gastos com atividades físicas como prioridade, diante do atual cenário econômico. “Os que tem interesse eu acompanho, mas quase ninguém está dando prioridade a isso, pois acreditam que seja um gasto desnecessário diante da crise. E, infelizmente, na internet as pessoas encontram muita coisa gratuita, com isso desvalorizam os profissionais e não levam em conta que nem tudo funciona pra elas”.

Atualmente sem renda, a profissional fala que não passou apuro, ainda, pois tinha uma reserva. “Eu, sinceramente, estou sem renda nenhuma no momento, estou tranquila, pois ainda tinha uma reserva, mas preocupada com o como vai ser daqui pra frente”.

Reunião com prefeito

A CDL CG – Câmara de Dirigentes Lojistas de Campo Grande, juntamente com o CREF – Conselho Regional de Educação Física e proprietários de academias, tiveram reunião no gabinete da Esplanada Ferroviária, com o prefeito Marcos Trad, para a entrega do plano de Biossegurança para o setor e tratativas de reabertura.