TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
segunda, 04 de julho de 2022 Campo Grande/MS
Campo Grande

Você precisa? Família produz máscaras com acetato para doar em Campo Grande

O material é mais indicado para profissionais da saúde se prevenirem contra o coronavírus; família arrecada materiais

09 abril 2020 - 13h00Por Dany Nascimento

Após fazer máscaras caseiras para ajudar a população de Campo Grande, a família Jesus Ferreira decidiu ir mais longe e começou a confeccionar máscara com acetato, que seria ideal para os profissionais de saúde.

De acordo com a aposentada Nilza Lina de Jesus Santos, 53 anos, como se trata de um material mais caro, a família pede que aqueles que precisam dessa máscara comprem o material, que elas serão confeccionadas a todo vapor.

“Graças a Deus, fizemos bastante máscara de pano, fiz de TNT também, com duas camadas, e agora a dona de uma clínica me ligou perguntando se eu não conseguia fazer dessa. Eu fui olhar na internet e deu certo. Usamos um arco de cabelo, mais o acetato e consigo costurar ela para as pessoas usarem. Quem precisar, pode trazer o material que eu faço quantas precisarem. Vamos juntos vencer esse vírus que está aterrorizando nossos dias. É uma folha de 20 por 40. O arquinho tem que ser de plástico, não pode ser de outro material”, diz Nilza.

Ela, a filha Erika Ferreira, 27 anos, se dedicam à produção, enquanto o marido, Sebastião Ferreira, 54 anos, fica responsável pelo acabamento. Nilza também doou duas máscaras para uma dentista, amiga da filha, que já está fazendo bom uso do material.

“Eu quero fazer para todo mundo que precisa, as de pano e TNT eu comprei o material e, graças a Deus, fizemos quase mil máscaras para doação. Doamos em unidades de saúde, tem gente que veio buscar na minha casa. Graças a Deus estamos em casa como manda o Organização Mundial da Saúde e fazendo o bem para o próximo”, diz a aposentada.

Se você quer máscaras de acetato, entre em contato com a família para doar o material e se prevenir ainda mais contra o coronavírus pelo telefone 67 99275-2096.