tce janeiro
Menu
quinta, 27 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Campo Grande

Yago é benção na vida da avó, que agora vai inaugurar lanchonete em Campo Grande

O menino é protagonista de um caso inédito na Capital. Sua mãe foi mantida viva em aparelhos até o parto, que aconteceu no dia 31 de março de 2017.

06 dezembro 2021 - 07h00Por Dany Nascimento

Mesmo com a pandemia da Covid-19, Adriana de Souza, 49 anos, a avó do pequeno Yago, passou bons momentos em 2021 e afirma que só tem recebido ‘bênçãos’. 

Yago é filho de Renata Sodré, que faleceu aos 22 anos, vítima de um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Ele é protagonista de um caso inédito em Campo Grande, já que Renata foi mantida em aparelhos até o parto, que aconteceu no dia 31 de março de 2017.

A guardiã do pequeno Yago está prestes a inaugurar uma lanchonete, que vai ajudar na renda da família. 

Yago completou 4 anos - Foto: Arquivo Pessoal

“Ficamos tristes com a pandemia, mas Deus me honrou muito esse ano. Eu tinha um trailer e agora estou quase com a minha lanchonete pronta. Consegui doações de muitas pessoas do Brasil inteiro, consegui começar a construir a lanchonete. Meu filho falou para comprar o material que ele ia construir. Quando estávamos construindo, veio pessoal do Bazar do Bem e Assumiu a obra”, diz Adriana. 

A nova lanchonete será inaugurada daqui uma semana na Rua Esmeraldo Serra, no bairro Vivendas do Parque, em Campo Grande. 

“Será mais uma benção na minha vida. Minha filha foi embora e, mesmo debaixo da terra, continua me ajudando e ajudando o filhinho dela”, diz a avó. 

Leia também 

Yago se aproxima dos 4 aninhos e continua sendo o 'bebê' querido de Campo Grande

Yago é o pequeno milagre da família, mas sua chegada gerou ciúmes e competição pelo colo da vovó