TJMS JANEIRO
Menu
sexta, 21 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Campo Grande

Bernal anuncia 'pente fino' em obras inacabadas e compras de Olarte

10 setembro 2015 - 07h00Por Dany Nascimento

Desconfiado das atitudes do antecessor, o prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP) já está realizando um "pente fino" nas obras da Capital. De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, a equipe de Bernal está fazendo um levantamento e analisando todas as obras em andamento e aquelas que ainda não foram iniciadas.

O prefeito publicou só nesta semana, no Diário Oficial, a suspensão de mais de 20 licitações que foram abertas pela equipe do prefeito afastado, Gilmar Olarte (PP), que está sendo investigado na Operação Operação Coffee Break realizada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), por corrupção e lavagem de dinheiro. Olarte foi afastado pela Justiça estadual.

As licitações suspensas previam a compra de carros, móveis, uniformes de trabalho, manutenção de equipamentos, serviços de marcenaria, contratação de empresa de tecnologia, serviços de engenharia, empresa de radares com registro de fotos para multas, entre outros.  Também a construção e reforma de prédios municipais.

Entre os problemas herdados por Bernal, está o caso da empresa Solurb, responsável pela coleta de lixo na Capital, que anunciou greve dos mil funcionários na última terça-feira (8), alegando que a prefeitura não realizou o pagamento dos últimos três meses. De acordo com a empresa, Olarte deixou as faturas de junho, junho e agosto em aberto e a Solurb não possui verbas para efetuar o pagamento dos funcionários. No entando, Bernal afirma que não existem débitos com a empresa e pretende acionar a justiça diante da greve.

Alcides garantiu que todas as obras serão analisadas e destaca que caso necessário, suspenderá contratos já firmados, levando em consideração que a prefeitura encara uma crise financeira. Com as suspensões, Bernal acredita que o executivo deve economizar R$ 30 milhões.