TJ BANNER JUNHO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sábado, 25 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Campo Grande

Com 23 trabalhadores de bancos contaminados pela covid-19, três agências fecham na Capital

Em praticamente todas as agências existem casos confirmados; a situação preocupa o Sindicato dos Bancários, que faz orientações para a população

03 julho 2020 - 10h00Por Rayani Santa Cruz

A cada dia, o Sindicato dos Bancários de Campo Grande-MS e Região tem recebido novas notificações de casos confirmados ou suspeitos por coronavírus nas agências bancárias. Até agora, pelo menos 23 trabalhadores de instituições financeiras já testaram positivo para Covid-19 em Campo Grande, Ribas do Rio Pardo e São Gabriel do Oeste. Três agências estão fechadas na Capital.

Em Campo Grande, o caso mais preocupante está sendo com os trabalhadores do Santander, onde 10 bancários já testaram positivo para Covid-19; a maioria da mesma agência. 

Das 10 agências do Santander em Campo Grande, três estão fechadas por conta de casos confirmados. “Um dos casos confirmados fez visitas em várias agências, mantendo contato com os bancários, expondo-os ao risco de contaminação. Por isso, três agências já estão fechadas e dezenas de trabalhadores estão em isolamento domiciliar à espera de testagem” comenta a presidente do sindicato, Neide Rodrigues.

Conforme informado pela assessoria, o sindicato está preocupado com o avanço da doença na categoria e considera que as agências representam um local de alto risco de contaminação, por conta da aglomeração de pessoas e de áreas sem ventilação.

Neide Rodrigues pede que a população evite ir às agências e utilize os canais eletrônicos dos bancos. “As pessoas precisam entender que, neste momento, elas só devem ir ao banco em casos extremos. Está muito perigoso ficar circulando, a doença está avançando muito rápido agora no nosso estado”, ressalta.

Protocolos de segurança

Em casos confirmados, os bancos cumprem diversos protocolos, como o fechamento e higienização da agência, além do isolamento domiciliar e a testagem de todos os funcionários que tiveram contato com a pessoa contaminada. 

Desde o início da pandemia, na base de representatividade do sindicato, 23 trabalhadores de instituições financeiras foram contaminados por coronavírus, sendo 19 bancários e 4 terceirizados. Além do Santander, há casos confirmados na Caixa, Itaú, Banco do Brasil e Bradesco.