GOV AGEMS
Menu
quarta, 08 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
CAMARA - vacinaçao
Campo Grande

Com fogos de artifício, servidores voltam à prefeitura e prometem até acampamento

01 abril 2016 - 11h31Por Mariana Anunciação e Anna Gomes

Centenas de administrativos da educação e servidores dos Ceinfs (Centro Integrado de Educação Infantil) se concentraram mais uma vez na Avenida Afonso Pena com a Bahia e desceram a via, rumo à Prefeitura Municipal de Campo Grande. Eles estão mais 'fervorosos' e prometem almoçar, jantar e até acampar na frente do Paço Municipal, a fim de estabelecer um acordo.

“A Assembleia rejeitou a proposta de reajuste do prefeito Alcides Bernal de 9,57%. Nossa contraproposta é de 11.60%”, contou o presidente do Sisem (Sindicato dos Servidores Campo Grande), Marcos Tabosa.

Apesar de aparentar ser o mesmo protesto de ontem (31), hoje eles estão ainda mais fervorosos, com gritos de "Desce Bernal", usando fogos de artifício, apitos, panelaços e trio elétrico. Muitos garantem que a greve seguirá por tempo indeterminado e prometem acampar em frente à prefeitura se não forem atendidos. Inclusive, falaram que vão até fazer o arroz carreteiro.

Tabosa destacou que o projeto enviado pelo prefeito Alcides Bernal (PP), ontem (31), para a Câmara Municipal estava errado, mas não especificou os detalhes. Um representante da prefeitura conversou com o presidente do sindicato, mas não há definições até o momento.

Os manifestantes foram informados que o prefeito não se encontra, mas prometeu reunião da categoria com o secretário municipal de Planejamento, Finanças e Controle, Disney de Souza e com o secretário de Governo, Paulo Pedra. “Prometer não é fazer. Não importa se o Bernal não está aqui, queremos um acordo para a categoria. Prometeram a reunião e  vamos ficar esperando”, concluiu Tabosa.