TJMS JANEIRO
Menu
sexta, 21 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Campo Grande

Epilético é encontrado morto em estado de decomposição em casa

05 dezembro 2015 - 13h13Por Izabela Sanchez

Um morador do bairro Nossa Senhora das Graças em Campo Grande, Fábio de Almeida Guadalupe, foi encontrado morto e em estado de decomposição dentro da própria casa. Os vizinhos teriam notado a ausência do morador, e, então, acionaram a polícia.


“Achei estranho que não via ele há alguns dias. Pedi para o meu marido pular o muro e então notamos um cheiro estranho e acionamos a polícia”, contou Luzia Piccinelli, que mora no bairro há 30 anos. Luzia explicou que Fábio é epiléptico e que sofria convulsões. Como era sozinho, quem o auxiliava quando os episódios ocorrriam, eram os vizinhos.


O delegado Davanço, da Depac Centro (Departamento de Pronto Atendimento Comunitário), explicou que a morte tem indícios de causa natural. “Tudo indica que a morte foi natural, levando em conta o estado do corpo e o histórico dele. Vamos registrar no boletim de ocorrência como morte a esclarecer e esperar o resultado dos legistas do IML (Instituto Médico Legal)”, explicou Davanço.


O delegado também afirmou que o estado de decomposição do corpo indica que já estaria morto há cerca de três dias. Não há indícios de conflitos ou ferimentos, e a casa também não apresentou sinais de luta ou resistência. Fábio foi encontrado na cama, dentro do quarto.


Fábio era um líder no bairro, representante da associação dos moradores. Vizinhos contaram que ele sempre se dispunha pelos moradores, ajudando com o que podia. A vizinha, Luzia, explicou que Fábio fazia todo tipo de serviços, e que nos últimos tempos trabalhava como servente de pedreiro, serviço que não realizava há algum tempo, em razão das convulsões.


A polícia militar esteve primeiro no local, e em seguida, o Corpo de Bombeiros. Após checarem a residência com equipamentos específicos, os bombeiros aguardaram a perícia e os policiais civis da Depac Centro. O corpo foi encaminhado para o IML.