TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
domingo, 26 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Ficha Limpa?

Condenado por vender revólver em instituição para adolescentes ganha cargo na prefeitura

Comissionado foi preso tentando negociar a venda de um revólver Rossi no aeroporto

08 março 2017 - 07h00Por Diana Christie e Thiago Souza

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) nomeou Tércio Marinho da Silva para exercer o cargo em comissão de coordenador da Unidade de Acolhimento Institucional - Adolescente, Tipologia “C”, Símbolo DE-3, na Secretaria Municipal de Assistência Social, a contar de 14 de fevereiro. A nomeação foi publicada no Diário Oficial de Campo Grande na semana passada.

Segundo denúncia encaminhada ao TopMídiaNews, Tércio foi preso tentando negociar a venda de um revólver Rossi, calibre 38, no aeroporto internacional de Campo Grande, em 11 de novembro de 2014. Com ele, os policiais ainda encontraram 93 munições calibre 38, todas intactas, sem autorização e sem registro.

Preso em flagrante, o coordenador da unidade confessou que tinha comprado a arma por R$ 800 e pretendia revendê-la. Na casa dele, os policiais ainda encontraram 25 munições calibre 380 auto. Após pagamento de fiança, Tércio foi liberado e passou a responder ao processo em liberdade.

“Esse é o tipo de coordenador que o prefeito coloca num abrigo que atende adolescentes do sexo masculino. Esses adolescentes correm sério risco de vida diante do histórico desta pessoa. E como fica a questão da ficha limpa, que para assumir um cargo não pode ter tais condutas?”, questiona o denunciante.

De acordo com o site do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), o juiz Roberto Ferreira Filho, da 1ª Vara Criminal, considerou Tércio culpado, em agosto do ano passado, e aplicou penas de prestação de serviço comunitário e prestação pecuniária. A decisão, no entanto, ainda cabe recurso.

Em nota, a prefeitura de Campo Grande informou que o funcionário citado é efetivo no município e "para receber a função apresentou todas as certidões negativas exigidas pela Lei da Ficha Limpa, onde não constou impedimento".