SOLURB JULHO 1

terça, 23 de julho de 2024

Busca

terça, 23 de julho de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Campo Grande

há 8 meses

Mãe vive horror por ameaças contra filha em escola no Aero Rancho: 'já estou doente'

Garota tem 15 anos e por pouco não apanhou na unidade de ensino

Mãe de uma aluna de 15 anos, que estuda na Escola Estadual Professor Neyder Suelly Costa Vieira (tempo integral), diz estar no limite psicológico por ameaças contra a filha, no Aero Rancho, em Campo Grande. 

O sofrimento, diz a denunciante, que prefere não divulgar o nome, começou há cerca de cinco meses, quando transferiu a filha de uma escola no Tarumã para o Aero Rancho. 

''Desde que ela entrou nessa escola vem sendo alvo das meninas... porque ela é uma menina bonita e bem cuidada’’, descreveu a mulher. Ela acrescenta que uma das estudantes avançou na filha por causa de fofoca e que outras alunas incentivaram a agressão. 

''Fiquei nervosa e até a Ronda Escolar foi acionada'', detalhou a fonte. 

A denúncia traz ainda o episódio chegou à coordenação da escola e as agressoras se desculparam, entendendo que a confusão se deu por mentiras de outras alunas. 

Vítima de ameaças de colegas tem 15 anos - ilustrativa

Mãe acionou escola e Ronda Escolar (Foto: Divulgação Sejusp)

Recente

Recentemente, conta a denunciante, duas alunas passaram a ameaças e perseguir a filha dela e outras queriam agredi-la. No entanto, ao comunicar o coordenador, teria sido ignorada. 

''... e no horário da saída duas meninas queriam bater na minha filha'', lamentou. A mãe voltou à escola e acionou a coordenação novamente. A escola prometeu chamar os pais das envolvidas e encontrar uma solução, mas os problemas não pararam. 

''... porém outra garota amiga dessas duas tomou as dores delas e desde então persegue minha filha e mandando ameaças por outras’’, diz a mãe citando xingamentos como ''biscate'' e ''vagabunda''. 

A denunciante diz que, em um episódio, o batimento cardíaco dela acelerou. Ela diz sofrer com uma doença crônica que afeta corpo e mente. 

''Minha filha não aguenta mais e eu também não... Só Deus sabe o quanto estou me segurando para não perder a razão'', disse emocionada ao TopMídiaNews. 

''Essas meninas são movidas pela inveja e não gostam de nossos filhos devido a aparência ou por ter facilidade em fazer amizade'', concluiu a moradora do Aero Rancho. 

Entramos em contato com a Secretaria Estadual de Educação. A resposta será publicada assim que chegar. 

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
AMIGOS DA CIDADE MORENA ABRIL NOVEMBRO