TCE Novembro
Menu
domingo, 05 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
ALMS - NOVEMBRO
Campo Grande

Moradores protestam na BR-163 após receber ordem de despejo

05 maio 2016 - 17h09Por Alessandra Carvalho

Moradores do bairro Leon Denizart Conte fecharam a rodovia BR-163 com pneus e atearam fogo em madeiras após receber ordem de despejo da empresa Energisa (Empresa de Energia Elétrica de Mato Grosso do Sul), entregue por um oficial de Justiça na manhã de hoje (05).

O idoso Wilson Pedroso, 55 anos,  ressalta que mora com oito pessoas em um barraco da avenida Marechal Monet há cinco anos e não tem outro local para ficar. "Toda a minha família depende daquele barraco. Trabalho no lixão do Jardim Noroeste e não tenho lugar para ficar. Lá e o meu pedaço de terra."

Mauro Burema, 42 anos, recebeu o oficial de Justiça às 8 horas da manhã.  "Ele disse que era uma ordem de despejo e que iriam retirar os fios de alta tensão e postes de energia do local. E tinha a ordem de despejo para as famílias se retirar o local. Perguntei da data e ele não soube responder quando teremos que sair. Eles não intimaram a empresa Scania. Os fios de alta tensão passam por cima da empresa e vão para as nossas casas. É bem alto. A Energisa faz a manutenção no local. Não tem nem como encostar nos fios, nem galho de árvore encosta nos fios. Não tem risco algum".  

 

Foto: Alessandra Carvalho


No local moram 650 famílias. Um homem que se identificou como assessor do Prefeito Alcides Bernal (PP), Antonio de Jesus, 48 anos, estava na BR conversando com os moradores e prometeu levar quatro moradores para uma reunião com o Paulo Pedra - assessor especial da Prefeitura Municipal de Campo Grande - do partido (PDT).

 

Foto: Alessandra Carvalho

Os caminhoneiros são obrigados a esperar os manifestantes a liberar a pista há cada 40 minutos. A pista está congestionada.