tce janeiro
CNH - MOTO
Menu
sexta, 28 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Campo Grande

MPE abre mais dois processos para investigar prefeitura de Campo Grande

11 novembro 2015 - 10h08Por Rodson Willyams

A 29ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social da Comarca de Campo Grande converteu dois procedimentos preparatórios em inquérito civis para apurar irregularidades ligadas a saúde de Campo Grande. Só nos últimos dias, a Prefeitura da Capital se tornou alvo de seis investigações do Ministério Público Estadual.

O primeiro caso apura denúncia referente a locação de equipamentos hospitalares portáteis para o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Os aluguéis dos aparelhos ocorreu durante a administração do prefeito afastado Gilmar Olarte, do PP por liminar. Na época, o custo era de R$ 180 mil por mês. A administração alugou os equipamentos, considerados de última geração e de tecnologia de guerra, para serem usados pelo Samu.

O outro inquérito civil apura as denúncias sobre a compra superfaturada de pneus para caminhonetes em loja de baterias feita pela Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande. O caso é tratado como eventual prática de atos de improbidade administrativa.

Ambos os casos são investigados pelo promotor Fernando Martins Zaupa.