TJMS SETEMBRO e outubro
Menu
quarta, 20 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
senar 18/10 a 21/10
Campo Grande

Paciente esperam na chuva ou sol por desorganização na USF Vila Fernanda

Falta de funcionários e segurança também estão entre as reclamações; prefeitura promete que mais funcionários vão ser contratados

23 setembro 2021 - 19h00Por Vinicius Costa

Cleidiane, de 27 anos, expôs a sua indignação nas redes sociais com a falta de estrutura e a falta de funcionários na USF (Unidade de Saúde da Família) da Vila Fernanda, em Campo Grande. A desorganização é o principal ponto da reclamação da paciente que consulta do pré-natal na unidade.

"Semana passada fui a minha consulta do pré-natal e fiquei uns 30 minutos de pé na porta porque só tinha um funcionário atendendo porque os que tinham que estar la em plena sexta-feira faltaram", contou a mulher.

A paciente explica que não reclama dos médicos, mas sim da falta de funcionários que prejudica um pouco o atendimento inicial das pessoas, como a questão do chamamento por fichas.

"Lá é muito desorganizado, uma bagunça eles se perdem na hora de chamar", indagou.

Outro problema escancarado pela mulher é a falta de segurança na unidade. De acordo com reclamação, a mulher nunca viu nenhum Guarda Municipal que fique diariamente na unidade, como acontece em outras unidades de saúde e, por isso, teme que aconteça alguma discussão mais ríspida e não tenha nenhum segurança para apartar.

Além disso, a mulher reclama da falta de medicamentos, poucos lugares para sentar enquanto espera o atendimento e quando há muitas pessoas, a fila acaba saindo para o lado de fora da unidade, deixando as pessoas expostas ao sol e a chuva.

"Não tem onde se abrigar fora do portão, porque não tem quem abre o portão antes das 7 horas, ainda às vezes abre atrasados. O atendimento, como eu disse, não tenho o que reclamar, mas faltas algo que, a meu ver, o gerente não tem o que fazer, pois, eu vejo que ele sempre está ajudando", concluiu.

Outro lado

À reportagem, a Prefeitura de Campo Grande encaminhou uma nota explicando que duas vacâncias que aconteceram recentemente está em processo de avaliação para melhorar o atendimento.

No entanto, o executivo municipal esclareceu o atendimento da população na unidade de saúde não tem sido prejudicado. "A Secretaria Municipal de Saúde reafirma que tem buscado garantir o atendimento adequado à população e as condições favoráveis para que o servidor desempenhe suas funções".

Ainda como explica a nota, mais de 400 profissionais de saúde foram aprovados em concurso público no ano de 2019 e estão sendo convocados para suprir a necessidade das unidades de saúde.

Referente ao pedido de segurança para a inserção de um guarda municipal no posto, a prefeitura afirmou que "a unidade recebe rondas periódicas da Guarda Civil Metropolitana e, em caso de alguma intercorrência, o acionamento é feito de maneira imediata".

Leia Também

Rapaz pede carona e toma tiro de motociclista em Três Lagoas
Polícia
Rapaz pede carona e toma tiro de motociclista em Três Lagoas
Com ciúmes de companheiro, detento fura colega de cela em Dourados
Interior
Com ciúmes de companheiro, detento fura colega de cela em Dourados
Motorista de transporte escolar é preso por estupro de crianças em Anaurilândia
Interior
Motorista de transporte escolar é preso por estupro de crianças em Anaurilândia
Autoescolas da Capital são notificadas pelo Procon-MS e Detran
Campo Grande
Autoescolas da Capital são notificadas pelo Procon-MS e Detran