TJMS AGOSTO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sexta, 12 de agosto de 2022 Campo Grande/MS
Dengue agosto
SENAI MOBILE JULHO AGOSTO 2022
SENAI MOBILE JULHO AGOSTO 2022
Campo Grande

Patrimônio verde de Campo Grande foi construído com apoio de projeto na década de 70

Na época, o Governo havia implantado um projeto para saneamento básico

26 agosto 2019 - 11h25Por Rayani Santa Cruz

Conhecida por ser uma das capitais mais arborizadas do Brasil, Campo Grande iniciou o plantio de mudas entre as décadas de 1970 a 1980. Tudo isso, devido ao incremento municipal ao projeto CURA (Comunidade Urbana para Recuperação Acelerada), do Governo Militar.
 
Conforme a historiadora Maria Madalena Greco, inicialmente o projeto previa a instalação de água, esgoto e calçadas. Mas, a cidade inovou trazendo uma obrigatoriedade de se plantar uma árvore a cada 20 metros de calçada.
 
“O hábito de ter e plantar árvores tanto dentro de casa, quanto nos canteiros e calçadas, se deu há praticamente 50 anos, quando a cidade foi selecionada para fazer parte do projeto. E, atualmente, temos esse verde; somos privilegiados em questão de arborização”, explica.

A especialista considerou pequenos empecilhos como galhos em fios de energia elétrica, e quedas de árvores em épocas de chuva como problemas eventuais.
 
Para ela, o patrimônio verde pode ser considerado uma as conquistas para a cidade, que faz aniversário neste mês de agosto.