TJMS JANEIRO
Menu
quinta, 20 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Campo Grande

Perseguição policial acaba em duas mortes na capital

22 novembro 2015 - 18h13Por Izabela Sanchez

Uma perseguição policial que ocorreu durante a manhã deste domingo (22), em Campo Grande, acabou por deixar duas vítimas, entre elas, uma mulher que não estava envolvida com o crime. De acordo com as informações do delegado Hoffman D’avila, tudo aconteceu por conta de um roubo. As informações dos locais e o nome dos envolvidos ainda não foram confirmadas.

De acordo com o delegado, uma mulher entrava na própria casa em uma caminhonete, quando dois homens chegaram em uma motocicleta e anunciaram o roubo. “Eles pediram para que ela saísse da caminhonete se não morreria”, afirmou D’Avila. Depois que a proprietária da caminhonete saiu do veículo, um dos homens tomou a direção, enquanto o outro seguiu na motocicleta.

A Polícia Militar foi acionada e então a perseguição começou. Os policiais seguiram a caminhonete, que estava todo o tempo em alta velocidade, por cerca de 15 quilômetros. O homem teria disparado contra os policiais, que atiraram em um pneu. Foi então que o motorista da caminhonete jogou o veículo em cima de uma motocicleta, que era conduzida por uma mulher, com uma criança na garupa. O delegado explicou que apesar de um dos policiais ter ficado no local para o atendimento, a mulher faleceu.

O outro policial teria continuado a perseguição, e a caminhonete bateu em um veículo Uno. “Como a caminhonete roubada ficou impossibilitada de ser dirigida após a colisão, o homem desceu do veículo e atirou contra o policial com uma 38”, contou o delegado. O policial, então, atirou no homem, que morreu no local.

Hoffman ainda explicou que o homem que foi morto seria enquadrado por roubo e homicídio doloso, quando há intenção de matar. “O policial militar agiu sobre a proteção da legítima defesa”, afirmou. A polícia civil investiga o outro homem que fugiu na moto.