TJMS JANEIRO
Menu
domingo, 23 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Campo Grande

Pré-matrículas começam com déficit de 12 mil vagas em Ceinfs de Campo Grande

02 dezembro 2015 - 15h29Por Mariana Anunciação

A maioria dos pais precisa trabalhar e ficam cada vez mais aflitos por não terem onde deixar os filhos, já que há um enorme déficit de vagas nos Ceinfs (Centros de Educação Infantil) de Campo Grande. A Prefeitura Municipal prometeu tomar atitudes e retomar obras e projetos, porém, não existe um prazo para zerar a falta de mais de 12 mil vagas no município.


Conforme levantamento da Semed (Secretaria Municipal de Educação), a prefeitura iniciou ao ano de 2015 com um déficit que chega a 12 mil vagas nos Ceinfs. Durante a prestação de contas de 60 dias de administração, o Prefeito Alcides Bernal (PP) garantiu a retomada de obras paradas na gestão anterior, priorizando a saúde e a educação. O prazo para o término é 2016, com exceção das que passam por nova licitação.



Ao todo, são 17 obras de Ceinfs espalhadas por diversas regiões da cidade, sendo que uma delas está parada por quebra de contrato e há um novo processo de licitação. Conforme a assessoria de imprensa, dez obras estão em negociação com as empresas, quatro estão sendo retomadas, uma passa por reformulação de projeto e novo processo de licitação para a sua retomada e uma obra já está em execução.


Após o levantamento dessa situação crítica, a prefeitura informou que foi estruturado um plano estratégico com a finalidade de solucionar o problema de vagas. Dentre as medidas, está a entrega das obras dos Ceinfs para o próximo ano; a implantação de turmas de pré-escolar em 40 Centros de Educação Infantil que não possuíam essa modalidade, gerando 1.800 vagas.


Outra estratégia é a implantação do Projeto Compasso: Compromisso com a Aprendizagem e a Inclusão Social para alunos em distorção idade/ano. Esse projeto atende a meta 10 do Plano Nacional de Educação que estabelece a relação entre a formação da educação básica e a profissionalização do aluno na Educação de Jovens e Adultos.


É válido destacar, que apesar do déficit, Campo Grande já atende a Meta 1 do PNE no tocante às crianças de 0 a 3 anos, no que diz respeito ao atendimento. O Plano estabelece que 50% dessa faixa etária deverá ser assistida até ano de 2024 e, nesta Capital já é atendido o percentual de 50% dessa faixa.


Passo a passo

Caso a escola ou Ceinf onde o aluno estuda não oferece continuidade, mas ele deseja permanecer na Reme (Rede Municipal de Ensino), o período para a pré-matrícula é vai até 18 de dezembro. Para novos alunos de Ceinf é necessário fazer o cadastramento no banco de dados da Central de Matrículas, que fará contato para atualização das informações, a partir de fevereiro de 2016. Com o surgimento de vagas, a equipe da Central também entra em contato.


Para cadastrar ou tirar dúvidas:
Telefones: 0800 615 1515 ou 3314-9562;
Pessoalmente: na Central de Matrículas, na Rua Onicieto Severo Monteiro, 460 - Vila Margarida.