Menu
segunda, 17 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Campo Grande

Prefeitura admite só conseguir pagar todo 13º de servidores em 2016

28 outubro 2015 - 18h26Por Amanda Amaral

O prefeito Alcides Bernal (PP) e o Secretário de Finanças de Campo Grande, Disney Fernandes, admitiram que não há grandes chances da prefeitura conseguir os valores necessários para o pagamento em dia do 13º salário dos servidores públicos municipais neste ano. Desta forma, o direito dos trabalhadores deve ser quitado apenas em 2016.

A declaração no mesmo dia em que o prefeito apresentou um balanço dos 60 dias de sua volta à administração municipal - em que mostrou os números das contas públicas da Capital e admitiu, mais uma vez, uma crise grave e difícil de ser solucionada tão em breve.

O prefeito afirmou já foram garantidos R$ 15 milhões, mas o valor da folha chega a R$ 90 milhões. Quando reassumiu a prefeitura da Capital, Bernal disse que havia apenas R$ 104 mil em caixa para o pagamento dessas gratificações, acompanhado de um déficit de 27 milhões.

Disney disse que há possibilidade de se conseguir o recurso via a venda da folha de pagamento desses servidores ao HSBC, que detém as contas da prefeitura, ou através da utilização de recursos da receita extra do Imposto Territorial e Predial Urbano, o IPTU, que começa a ser arrecadado somente nos primeiros meses de 2016. 

Com isso, o pagamento integral desses valores aos mais de 24 mil servidores municipais tem grandes chances de não acontecer até o mês de dezembro. O próprio secretário afirmou que este pagamento deve ser parcelado, ao mínimo, até janeiro.

Questionado sobre os atrasos, Bernal disse que os números do caixa da prefeitura dizem por si só. “Nós já fizemos nosso dever de casa referente aos meses de setembro e outubro, agora estamos trabalhando para ter essas receitas extras para pagar esses trabalhadores. Só posso dizer que o esforço é o máximo para resolver esse problema”, afirmou.