TCE Novembro
Menu
domingo, 05 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
ALMS - NOVEMBRO
Campo Grande

Sorteados entre 6 mil, 54 campo-grandenses recebem lotes para construção da própria casa

Beneficiados devem construir residência no Bosque das Araras em prazo de um ano

11 dezembro 2018 - 18h23Por Amanda Amaral

Foram firmados contratos que oficializam os novos donos de 54 lotes no Bosque das Araras, extremo oeste de Campo Grande. O sorteio foi realizado em agosto pela Emha (Agência Municipal de Habitação), quando concorreram cerca de seis mil pessoas, entre as 42 mil inscritas no programa habitacional do município.

A regra a partir de agora é que os beneficiários do Habita Campo Grande construam a própria residência em prazo de até um ano. Venda e aluguel também são coibidos pelo período de cinco anos sob penalidade de perda da área, que tem total de 200 metros quadrados. 

Cada lote é avaliado em cerca de R$ 44 mil, e o pagamento de parcelas deve corresponder a até 10% de um salário mínimo. As construções erguidas também não podem ser de material improvisado, configurando barraco.

A sorteada Vanessa Ferreira Pereira, 36 anos, comemora agora ter um lugar para, no futuro, viver com seus dois filhos, de 6 e um ano e meio. “Moro num lugar cedido hoje, já no Jardim Monumento. Quando soube que fui sorteada, não acreditei, esperei sair escrito pra poder ver que era eu mesma”, conta.

O diretor-presidente da Emha, Enéas Neto, relembra que este foi o primeiro sorteio em praça pública do tipo em Campo Grande, o que dá mais transparência à população. “O município ficou cinco anos sem entregar nada, a não ser aqueles lotes de quem vivia na Cidade de Deus, que foi de ‘qualquer jeito’. Peço que essas pessoas deem valor na sua terra, cuidem pra não perder. A prefeitura vai fazer a primeira limpeza e depois é por conta deles”, explica.

O financiamento é feito em prazo de 300 meses, ou seja, em até 25 anos.