TJMS JANEIRO
Menu
quinta, 20 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Campo Grande

TJ manda prefeitura pagar R$ 4,1 milhões e Solurb retoma coleta

Novela do lixo

22 outubro 2015 - 08h11Por Anna Gomes

A concessionária CG Solurb, responsável pela coleta de lixo em Campo Grande, voltou ao trabalho já no começo da noite desta quarta-feira (21),  após a terceira greve só neste ano ano. O desembargador do Tribunal de Justiça Geraldo de Almeida Santiago, deferiu o pedido da empresa e mandou a prefeitura liberar imediatamente os valores bloqueados das contas do município, que somam cerca de R$ 4,1 milhões.

A coleta nos bairros e centro da cidade estavam suspensas desde a última sexta-feira (16) e, como se não bastasse parar o recolhimento domiciliar,  ontem pela manhã a empresa ainda resolveu parar até com a coleta do lixo hospitalar.

Com a queda de braço entre a Solurb e a prefeitura, os principais prejudicados foram os funcionários, que estão há mais mais de 90 dias sem receber o salário, e a população que ainda estão convivendo 'montanhas' de lixo espalhadas pela Capital.

Segundo o presidente do Steac-MS (Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Asseio e Conservação de Mato Grosso do Sul), Wilson Gomes da Costa, em menos de dois meses, esta foi a terceira greve da categoria.

Conforme a Superintendência da Solurb, a coleta já começou em alguns bairros ainda ontem, e hoje, a previsão é que tudo comece a voltar normal.