TCE Novembro
TJMS DEZEMBRO
Menu
sexta, 03 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
CAMARA - vacinaçao
Campo Grande

Unidade de Resgate dos Bombeiros bate em carro e interdita avenida de Campo Grande

13 abril 2016 - 14h52Por Amanda Amaral e Alessandra Carvalho

Uma colisão entre dois veículos, entre eles uma UR (Unidade de Resgate) do Corpo de Bombeiros interditou a Avenida Manoel da Costa Lima, na esquina com a Avenida Ernesto Geisel, no bairro Guanandy, em Campo Grande. O acidente ocorreu por volta das 14h desta quarta-feira (13), quando a UR 47 se deslocava para atender uma criança na Vila Jasmin e não conseguiu desviar de um Peugeot da cor prata, com placas de Chapadão do Sul, município do interior de Mato Grosso do Sul.

Motoristas que passavam pela Manoel da Costa Lima precisaram fazer um desvio de três quilômetros, enquanto na Ernesto Geisel o fluxo ficou liberado. O Batalhão da Polícia Militar de Trânsito (Bptran) está no local para organizar o trânsito. A perícia foi ao local para avaliar a situação, mas o Peugeot ficou completamente destruído.

Segundo o Tenente Vinícius Barbosa, do 1º Grupamento do Corpo de Bombeiros da Costa e Silva, dentro do veículo oficial havia três homens, que não tiveram ferimentos, mas ficaram assustados. Eles disseram que a sirene estava ligada e faltou atenção do outro motorista.

“Pode ser que o motorista não tivesse habituado a pratica de liberar o trânsito assim que ouve a sirene, já que é de município do interior, mas ainda assim peço mais atenção a quem está no dirigindo. Quando perceberem que uma viatura de resgate se aproxima, é preciso dar passagem, devido ao atendimento da ocorrência”, ressalta o Tenente.

Tenente Vinícius Barbosa. Foto: André de Abreu

Ninguém que estava na UR se feriu. Os dois ocupantes do Peugeot tiveram ferimentos leves e foram atendidos por outra viatura do Corpo de Bombeiros. O passageiro Everton Paiva Jara, que não teve idade divulgada, foi encaminhado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Universitário e o condutor Marco Antônio de Souza, 48 anos, foi para a Santa Casa.

O proprietário do Peugeot, que emprestou o carro para os amigos, apareceu no local e disse ter uma loja em Campo Grande.

A criança que iria ser atendida pela UR envolvida no acidente foi transportada até a Santa Casa por uma unidade do Samu (Serviço de Atendimento Móve), mas antes já estava sob cuidados de bombeiros que se deslocaram ao local via motocicleta.