TCE Novembro
TJMS DEZEMBRO
Menu
quinta, 02 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
ALMS - NOVEMBRO
Campo Grande

Violência se foi, mas a poeira ficou: moradores reclamam de falta de asfalto no Dom Antônio

Os moradores afirmam que o bairro deixou de ser perigoso, mas continua com ruas recheadas de lama

17 novembro 2018 - 11h30Por Dany Nascimento

Após anos de turbulência com a onda de violência que tomava conta da região do bairro Dom Antônio Barbosa, os moradores agora ‘respiram’ mais aliviados quando o assunto é a segurança. A população afirma que hoje é possível caminhar pela rua tranquilamente, sem risco de tiroteio.

Cristiane Nascimento, 31 anos, que reside no local há 19 anos, disse ao TopMídiaNews que antes eram registrados homicídios diariamente na região. “Antes era difícil, tínhamos que ficar trancados dentro de casa porque até para caminhar pelas ruas era complicado. Hoje eu acho bem mais tranquilo morar aqui, sento na frente de casa sem medo”.

Ela destaca que o principal problema da região atualmente é a falta de pavimentação asfáltica, que faça sol ou chuva, atormenta a população. “Nosso problema é a falta de asfalto, só a linha de ônibus é asfaltada aqui no bairro. Com chuva tem rua que os moradores usam sacola no pé para passar. Com sol, é muita poeira, as pessoas vivem doente aqui porque moram no meio da poeira”.

O comerciante Roberto de Lima, 57 anos, que atua na região há nove anos, afirma que chegou no Dom Antônio Barbosa em 1994 e viu todo desenvolvimento da região. “Era sim perigoso, mas os moradores tranquilos sempre viveram bem aqui. O problema é que quem procura acha, infelizmente moravam pessoas aqui que procuravam confusão e encontravam”.

Roberto afirma que prefere evitar o consumo de bebida alcóolica nos bares. “Eu compro minha bebida e tomo em casa. Não gosto de ficar em bares porque acho que acontece confusão, prefiro ficar em casa”.

Antônio de Souza, 47 anos, destaca que mora no bairro há 13 anos e nunca enfrentou problemas. “Eu nunca tive problemas aqui, nem eu e nem minha família. Sempre vivemos bem aqui, eu gosto de morar aqui, não saio da região não”.

Prefeitura

O TopMídiaNews entrou em contato com a prefeitura da Capital, mas até o fechamento desta matéria, nenhuma resposta foi encaminhada.