Menu
sábado, 21 de maio de 2022 Campo Grande/MS
FAMASUL MAIO BANNER
Campo Grande

Viu o Frajola? Gato com problemas visuais fugiu e família tenta encontrá-lo em Campo Grande

Apesar de não ter a visão, família disse que gato é bastante esperto, pois morava na rua antes de ser resgatado

17 janeiro 2022 - 15h55Por Vinicius Costa

O gatinho Frajola desapareceu da casa de Vania Alves e, agora, sua família tenta reencontrá-lo para continuar com o tratamento referente a perda de visão que o animal sofreu devido a uma infecção.

O gato está desaparecido desde a noite do dia 13 de janeiro, no bairro Santa Emília, em Campo Grande.

Frajola foi resgatado da rua por um médico veterinário, mas que foi doado para Vania, que conta com outros dez gatos na sua casa, semelhança ou não, retirado das ruas por abandono de seus antigos tutores.

A tutora explicou que na sua casa a um grande quintal e protegido por tela, mas apesar de todo esse esforço, Frajola foi atrás de outro gato e conseguiu passar por uma pequena fresta no portão na noite da última quinta-feira.

"Nós nunca descuidamos dele, mas infelizmente isso aconteceu e não sabemos mais onde procurar", disse a tutora.

A família espalhou a notícia por outros grupos do bairro, mas que até o momento não conseguiu pistas de onde o gatinho possa estar.

"Apesar dele ser cego é um gato saudável e esperto. Morava na rua antes de ser resgatado", concluiu Vania.

Quem também ajudou a cuidar do Frajola foi a filha de Vania, Nátaly Danndara, que fica responsável por também resgatar outros animais em situação de abandono.

Para a reportagem, ela destacou o animal era o 'xodó', porque apesar de não ter os dois olhos, o gato era muito ativo e extremamente inteligente.

"Quando eu e minha mãe decidimos adotar ele pensei que seria um desafio, mas foi super tranquilo, no mesmo dia que chegou ele aprendeu onde ficam as portas da casa, a água e a comida e a caixinha de areia, nunca fez sujeira fora", disse Nátaly.

Ela ainda declarou que muitas pessoas estão ajudando e tiraram um pouco do seu tempo para buscar alguma informação pelo animal, mas que até o momento não houve notícias positivas. "Estou sentindo muita saudade dele", finalizou.

Para qualquer informação, a pessoa pode entrar em contato com Vania através do telefone (67) 99275-2579.