Menu
sábado, 24 de julho de 2021
PMCG REFIS 16 A 29/07
Cidade Morena

Abrasel pede restaurantes na lista de serviços essenciais em MS

A Associação pediu ao governo do estado que ajuste a classificação de serviços essenciais e não essenciais

12 junho 2021 - 13h15Por Rayani Santa Cruz

O presidente da Abrasel MS (Associação de Bares e Restaurantes-MS), Juliano Wertheimer, está dialogado com o governador Reinaldo Azambuja, e com o secretário de Saúde, Geraldo Resende, para que a classificação de serviços essenciais e não essenciais seja ajustada e haja a permissão de restaurantes. A ideia é que o setor possa atender presencialmente durante a bandeira cinza.

O presidente enfatizou que o setor tem cumprido todos os protocolos de biossegurança. “Nós trabalhamos com alimentos, com produtos perecíveis, então desde sempre temos cuidados com a biossegurança. Com a pandemia, essas regras triplicaram e temos cumprido as medidas, feito a nossa parte”.

Juliano informou também que o Governo do Estado sinalizou positivamente à solicitação da Abrasel MS. “Nós tivemos uma resposta positiva do Governo, de que irão discutir a nossa pauta e convocar, ainda hoje (12), uma reunião extraordinária do comitê do Prosseguir para analisar nossa solicitação”. 

Nosso setor foi o mais afetado pela crise, estamos no limite, muitos não estão conseguindo sequer pagar as contas, não aguentaremos mais ser sacrificados com as medidas de restrições e acreditamos que o Governo entende isso. Estamos confiantes”, pontuou o presidente da Abrasel MS.

A mudança solicitada na lista de atividades do Prosseguir foi retirar os itens 2.2 e 3.3 (bares e restaurantes), deixando os mesmos enquadrados no item 1.35 (comércio de produtos de saúde, higiene e alimentos, para seres humanos e animais, e de bebidas não alcoólicas), como era anteriormente

Leia Também

Para remake de Pantanal, atriz Bruna Linzmeyer muda visual e revela seu papel
Geral
Para remake de Pantanal, atriz Bruna Linzmeyer muda visual e revela seu papel
Bombeiros combatem incêndio que invadiu casa no Carandá Bosque
Polícia
Bombeiros combatem incêndio que invadiu casa no Carandá Bosque
Instituto questiona retorno das aulas presenciais em Campo Grande
Cidade Morena
Instituto questiona retorno das aulas presenciais em Campo Grande
Infrações ambientais crescem em MS e multas chegam a R$ 9 milhões
Polícia
Infrações ambientais crescem em MS e multas chegam a R$ 9 milhões