Menu
sábado, 18 de setembro de 2021 Campo Grande/MS
Campo Grande

Alunos vão receber 1,4 mil celulares para participar das aulas virtuais em Campo Grande

Semed recebeu os celulares por doação do MP após sugestão de vereador

10 maio 2021 - 07h00Por Rayani Santa Cruz

Alunos das escolas municipais de Campo Grande com dificuldades para participar das aulas virtuais por falta de estrutura vão receber aparelhos celulares. O total de 1.403 aparelhos foram doados a Semed (Secretaria Municipal de Educação) pelo Ministério Público do Estado  após sugestão do vereador Ronilço Guerreiro (Podemos).

Durante sessão no mês de abril, o parlamentar sugeriu que os aparelhos de celular apreendidos nos presídios da cidade tivessem um destino adequado e ajudasse alunos carente e deu como exemplo uma ação realizada no Rio Grande do Sul.
 
“Conversei com a professora Elza Fernandes e parabenizei pela conquista, afinal esses aparelhos seriam usados para o mal e agora estarão nas mãos das crianças. Temos que ter agilidade nesses processos e fico muito feliz por ter contribuído com esse questionamento. Também parabenizo e agradeço nosso Ministério Público pela sensibilidade e essa doação vai ser muito importante para nossas escolas darem continuidade às aulas remotas”, ressaltou o vereador.

A doação

A doação por parte do MPMS faz parte do projeto Transformar, realizado em parceria com a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário.
Para a secretária de Educação, Elza Fernandes, a doação é fundamental para a vida escolar dos alunos. 

“Os celulares serão de grande serventia para os alunos da Rede Municipal de Ensino. Mesmo com a previsão de retorno híbrido das aulas, a partir do dia 19 de julho, as atividades remotas vão continuar. E, para aqueles que ficarão em casa, será essencial ter o aparelho, para assistirem aos vídeos e realizar as atividades.”

Segundo a promotora de Justiça responsável pelo projeto, Jiskia Sandri Trentin, a iniciativa foi inspirada em uma ação similar realizada no Rio Grande do Sul. “Nós identificamos que esses aparelhos celulares não tinham utilidade. Então, com base em um projeto já desenvolvido no Ministério Público do Rio Grande do Sul, conseguimos firmar parceria com a Agepen e o Tribunal de Justiça. Os juízes que atuam nas Varas de Execução Penal, autorizam a doação para chegar até os alunos que mais precisam. É uma cooperação que começa agora, mas que, com certeza, será um grande benefício”.

Leia Também

Bandidos armados rendem mulher em bicicleta e levam pertences no Pioneiros
Polícia
Bandidos armados rendem mulher em bicicleta e levam pertences no Pioneiros
É hoje! Mega-Sena sorteia bolada de R$ 23 milhões
Cidades
É hoje! Mega-Sena sorteia bolada de R$ 23 milhões
Homem leva facada na barriga, mas dá relato confuso à PM no Portal Caiobá
Polícia
Homem leva facada na barriga, mas dá relato confuso à PM no Portal Caiobá
Homem é surrado e fica com rosto desfigurado após briga no Parque dos Laranjais
Polícia
Homem é surrado e fica com rosto desfigurado após briga no Parque dos Laranjais