Menu
Busca domingo, 08 de dezembro de 2019
Cidade Morena

Após ação em terminal, prefeitura lamenta situação e diz que irá investigar

Segundo a prefeitura, a ação dos agentes da Guarda Municipal será apurada em processo administrativo

15 novembro 2019 - 17h48Por Willian Leite

A prefeitura de Campo Grande divulgou nota, na tarde de hoje (15), esclarecendo o ocorrido desta manhã no Terminal Morenão em Campo Grande. Na justificativa o município diz que “o veículo reserva que deveria substituir, de imediato, a linha 072 havia sido colocado como reforço para atender a linha 070, pois houve uma demanda acima do previsto naquele horário”.

Ainda de acordo com a nota, os agentes da Guarda Municipal que usaram spray de pimenta para acalmar os ânimos dos manifestantes, tentaram convencer os usuários na intenção de desobstruírem a pista pois, outras pessoas que não participavam do protesto precisavam ir trabalhar.

“Como medida cautelar, os GCM’s lançaram no ar spray de pimenta (espargidor de pimenta). Após essa ação houve a liberação do local, garantindo o direito de ir e vir daqueles que estavam utilizando o serviço de transporte coletivo”.

A corregedoria da Sesdes (Secretaria de Segurança e Defesa Social) irá abrir procedimento administrativo para apurar se houve excesso cometido por servidores da Guarda Civil Metropolitana, durante a ação.

O caso

Passageiros resolveram protestar na manhã de hoje (15), por suposto atraso na condução e acabaram contidos somente com spray de pimenta. A briga teria começado, conforme um leitor do TopMídiaNews, por uma lotação no 070, com direito a pessoa presa na porta. Isso teria sido o estopim e mulheres resolveram fechar a entrada do Terminal.