Menu
sábado, 19 de setembro de 2020
Cidade Morena

Após quatro anos de namoro, casal vende açaí para realizar o sonho de se casar na Capital

Pombinhos se conheceram nas redes sociais e nunca mais desgrudaram

24 fevereiro 2019 - 15h30Por Dany Nascimento

Enquanto alguns utilizam as redes sociais para manter contato com antigos amigos, a estudante de estética Mayara Silva Braga, 20 anos, foi além e escolheu a dedos o grande amor de sua vida. A jovem relembra que viu o perfil de Samuel Felipe, 23 anos, no Facebook e se apaixonou.

“Eu achei ele muito bonito e adicionei. Ele me aceitou, mas logo me deu um fora. Chamei ele no privado, ele perguntou quem era eu. Depois eu não perdi tempo e já fui pedindo o WhatsApp dele. Assim começamos a conversar. Por coincidência, ele é irmão de um amigo meu, que estudou comigo no Ensino Médio, descobri isso quando adicionei ele”, diz a estudante do 5º semestre.

Com quatro anos de relacionamento, os pombinhos agora desejam subir ao altar e selar para sempre a união. “Nosso primeiro encontro aconteceu na igreja, depois de uns três meses conversando. Depois ele me pediu em namoro e, agora, estamos noivos há dois anos. Eu sou estudante, ele trabalha como atendente de farmácia, mas fomos analisar e percebemos que não temos condições para realizar o casamento”.

Foi aí que o casal teve a ideia de começar a vender açaí e o novo empreendimento surpreendeu os apaixonados. “O Samuel está de férias e começamos a vender açaí. Começamos a compartilhar nas nossas redes sociais e usamos a logo ‘Açaí Lovers – faça parte dessa história’. Graças a Deus conseguimos vender bastante e teve pessoas, que moram em outro estado, que também estão nos ajudando. Eles depositaram dinheiro para ajudar no nosso casamento, estamos muito felizes”.

Mayara destaca que sua história de amor pode incentivar outras pessoas. “Queremos que as pessoas percebam que basta querer, que conseguimos alcançar. De início, ficamos desanimados, achando que não daria certo, mas agora estamos conseguindo. Tem que acreditar e correr atrás, que dá certo. Também estamos construindo a nossa casa, as pessoas estão ajudando também”.

Gostou da atitude e também quer fazer parte dessa história? Ligue 67 – 991237820 ou 67-99217-9257.

Leia Também

Fábrica de piscinas é interditada e empresário autuado em R$ 5 mil
Interior
Fábrica de piscinas é interditada e empresário autuado em R$ 5 mil
Neste sábado pode chover em algumas regiões de MS
Cidade Morena
Neste sábado pode chover em algumas regiões de MS
Rua dos Amigos vira sinônimo de bagunça, som alto até de madrugada e gente urinando na calçada
Cidade Morena
Rua dos Amigos vira sinônimo de bagunça, som alto até de madrugada e gente urinando na calçada
Tá podendo: aprovação de Bolsonaro sobe entre quem recebe auxilio emergencial
Geral
Tá podendo: aprovação de Bolsonaro sobe entre quem recebe auxilio emergencial