ALMS CONTAR 25/06 A 27/06
(67) 99826-0686
PMCG - SLOGAN 17/06 A 30/06

Para vencer aposta, rapaz de 32 anos muda a rotina e consegue perder 27 quilos

Fernando Luz diz que começou a andar de bicicleta e cortou açúcar e farinha

2 NOV 2016
Dany Nascimento
15h00min
Foto: Geovanni Gomes

Uma aposta em prol da saúde: foi assim que Fernando Luz Aranega, 32 anos, conseguiu dar início a uma vida saudável com direito a pedaladas pelas estradas de Mato Grosso do Sul. Tudo começou na recepção do escritório onde trabalha, quando a colega de jornada, Cláudia Cruz, convidou Fernando para participar de uma aposta feita em família, que exigiu redução de peso em troca de dinheiro extra para quem conseguisse perder mais quilos.

O desafio foi aceito e Fernando encontrou os outros participantes em uma farmácia próxima ao trevo Imbirussul, na Capital. Todos subiram na balança e tiveram os pesos registrados em um caderno. "Nos encontramos nessa farmácia, a Claúdia anotou o peso de todo mundo e combinamos que três meses depois todos voltariam ao mesmo lugar para pesar novamente e ver quem era o grande vencedor".

De acordo com Fernando, Cláudia começou a pesquisar dietas na internet e de imediato, 'fechou a boca' com objetivo de vencer a aposta. "Ela me chamou e falou que os familiares dela resolveram fazer a aposta e cada um daria R$ 100. Tinha dez pessoas participando da aposta e eu aceitei o desafio. Quando ela me falou, ela começou a dieta, começou a fazer pesquisas e eu continuei comendo doces, tomando refrigerante e dizia para ela que mais para frente ia começar".

Duas semanas depois, Fernando deu início a uma rotina bem diferente da que levava. "Duas semanas depois eu comecei a dieta, a Cláudia já tinha perdido de 2 a 3 kg, cortei açúcar radicalmente, cortei todo tipo de farinha, todo tipo de carboidrato, comia salada, carne e algumas frutas. Comia quatro vezes por dia, tomava café da manhã, que normalmente era chá com bolacha de água e sal, mas nem sempre comia bolacha porque nela  tem farinha. No almoço, eu comia salada, que normalmente era um peito de frango grelhado ou um bife. Eu não passei fome, mas passei vontade de comer doce. Eu chegava da faculdade, deixava o material em casa e ia correr. No fim de semana andava de bicicleta e nos dias que tinha aula andava de bicicleta também. Andava 50 quilômetros no fim de semana, às vezes fazia 50 quilômetros de manhã e 30 quilômetros à tarde".

O jovem se juntou ao grupo de ciclistas Gilmar Bikes e começou a percorrer os pequenos municípios, que estão localizados próximos de Campo Grande.  "Eu vi no site do Gilmar Bikes que eles saem sempre no sábado e vão até Terenos, às vezes Sidrolândia e comecei a ir junto com eles. . As vezes ia no grupo, as vezes ia sozinho, mas estava sempre pela rua andando de bicicleta."   

Ao relembrar da maratona de pedaladas, Fernando fala com orgulho que, em um mês, conseguiu eliminar 10 kg e, no final da aposta, conseguiu um total de 27 kg a menos. "Eu lembro que em um mês assim, eu perdi 10 kg, daí eu me animei e muito. Continuei praticando exercício, mas acredito que a alimentação foi a principal mudança. Cortei açúcar e o corpo começou a queimar gordura. Perdi 27 kg e ganhei a aposta".

Conforme o 'ex-gordinho', o grupo de apostadores ficou de 'boca aberta' ao ver o quanto Fernando conseguiu emagrecer em três meses. "Eu lembro que quem mais emagreceu perdeu 8kg. Quando eles me viram, eu desci do carro e todos colocaram a mão na cabeça de desespero. A Cláudia não via tanta diferença porque ela estava comigo no escritório todos os dias, então ela achava que era uns 14kg, mas quando eles me viram, sabiam que tinham perdido a aposta. Pesei 77kg no dia. Todos me deram parabéns, me pagaram, eu sai de lá com o dinheiro, só perdoei dívida da Cláudia porque era casamento dela".

Após vencer a aposta, Fernando explica que diminuiu a quantidade de exercícios que praticava, mas ainda continua na estrada com um grupo de quatro amigos. "Agora me alimento diferente, eu não faço dieta mais, só que não como tanta porcaria como antes, antes eu comia sem controle. Estou entre 78 e 79 kg, continuo praticando exercícios, não tão intenso como antes, mas uma vez por semana saio de bicicleta. Agora diminui, saio uma ou duas vezes por semana com quatro amigos que conheci na estrada, fizemos amizade e marcamos para sair. O mínimo que vamos é Terenos, vamos até um posto que tem uns 30 km depois de Terenos e voltamos. Dá 100 km de ida e volta".

Ao retornar para a sala de aula, Fernando surpreendeu os colegas do curso de Direito da Uniderp pelo emagrecimento. "Na sala de aula meus colegas acharam que eu tinha feito redução de estômago, outros achavam que eu estava doente, daí contei à eles sobre a aposta e que consegui mudando a alimentação e fazendo exercício".

Veja também