Menu
Busca quinta, 20 de fevereiro de 2020
Cidade Morena

Auxiliar de limpeza é agredida a vassouradas por funcionário de escola municipal

Vereador Valdir Gomes recebeu a denúncia; Semed investiga

28 janeiro 2020 - 13h55Por Nathalia Pelzl e Rayani Santa Cruz
Auxiliar de limpeza é agredida a vassouradas por funcionário de escola municipal

Uma auxiliar de limpeza, de aproximadamente 56 anos, foi agredida por um também funcionário, que não teve a identidade divulgada, na Escola Municipal Professora Marina Couto Fortes, no bairro Guanandi, em Campo Grande.

O fato chegou a público nesta terça-feira (28) através do vereador Valdir Gomes (PP).

“Me ligaram ontem a noite e me falaram que tinha uma senhora que tinha apanhado de um servidor da escola. E que pediram pra ela ficar em casa e que não tinha o conhecimento da Secretaria Municipal de Educação”.

Ele encontrou a mulher, que trabalha há 25 anos como servidora, com o rosto machucado.

“Eu acho que é justo, levei ela para delegacia, fez a queixa e passou por exames de corpo de delito, isso não pode acontecer. Uma pessoa que está trabalha ali há 25 anos fazendo merenda, que tem um trabalho, chega um funcionário e quer bater em uma mulher quase idosa? Para”, disse.

“Cadê a direção que não tomou providência”? Uma pessoa que trabalha em uma escola vai bater nos outros? É capaz de bater em um aluno”, diz o vereador.

Semed

Em nota, a Semed (Secretaria Municipal de Educação) informou que teve o conhecimento da denúncia nesta segunda-feira (27) e está tomando todas as medidas cabíveis.

Além disso, a diretora da unidade já compareceu à Semed para prestar esclarecimentos e foi registrada ata com os depoimentos.

Os fatos, ainda segundo a Semed, estão sendo apurados e, segundo a Superintendência de Gestão e Normas, a denúncia será encaminhada para a Delegacia da Mulher.