(67) 99826-0686

Pacientes com plano de saúde serão obrigados a ir para hospitais particulares

Vítimas socorridas pelo Corpo de Bombeiros que tiverem plano terão que ser encaminhadas para unidades particulares

14 DEZ 2016
Airton Raes
11h05min
Foto: Geovanni Gomes/Arquivo

A partir de hoje, as vítimas socorridas pelo Corpo de Bombeiros que tiverem plano de saúde terão que ser encaminhadas para hospitais particulares, ao invés da rede pública de saúde. A lei foi sancionada pelo governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), nesta quarta-feira, 14 de dezembro.

De acordo com a lei, a condução das vítimas atendidas pelo Corpo de Bombeiros Militar, que possuam planos de saúde, deverá ser efetuada de forma direta aos hospitais privados conveniados, desde que estes possuam as condições adequadas para o tratamento necessário.

O paciente que possuir cobertura de plano de saúde, com a respectiva resolutividade para seu caso, que der entrada, de forma espontânea, para internação ou atendimento pela rede pública hospitalar será transferido para a rede privada, tão logo seu quadro de saúde permitir e o médico responsável autorizar.

A lei é de autoria do deputado estadual Mauricio Picarelli (PSDB) que, na justificativa do projeto, afirmou ter se reunido com representantes do Corpo de Bombeiros. O objetivo da lei é desafogar o fluxo de comunicação entre o Centro Integrado de Operações de Segurança. desafogar os leitos nas unidades de saúde que prestam o serviço pelo SUS (Sistema Único de Saúde) e a distribuição racional de vítimas atendidas pelo Corpo de Bombeiros Militar entre os hospitais.

Também reduzir a retenção das viaturas de emergência do Corpo de Bombeiros Militar, comumente ocasionada pela falta de macas nas unidades de saúde pública superlotadas, além de redução dos gastos do SUS com internações hospitalares. 

Veja também