(67) 99826-0686
REFIS FEV.

Novela: 'abismo' volta a aparecer em bairro da Capital e moradores querem solução

Em apenas poucos meses, enormes buracos ressurgiram em uma rua do Jardim Colúmbia

4 SET 2016
Anna Gomes
15h20min
Foto: Geovanni Gomes/Arquivo
IPVA GOV

Mais uma vez, o 'abismo', como a população chama o enorme buraco, voltou a aparecer em uma rua de Campo Grande. O problema novamente é alvo de reclamações de moradores da Rua Maicuré, no Jardim Columbia, região norte de Campo Grande.

A cratera chegou a ser arrumada, mas, meses depois, a 'dor de cabeça' da população voltou. Já imaginou correr o risco do muro de sua casa cair a qualquer momento, devido a buracos na sua rua? Pois é, o que parecia resolvido volta à tona.

A via está toda praticamente tomada pelos enormes buracos e por muito lixo. Os moradores da região dizem que a noite o problema fica pior ainda, já que a iluminação pública no local é precária.

(Muro de residência pode cair a qualquer momento. Foto: Geovanni Gomes)

"Sempre esse buraco vai e volta, mas ninguém resolve o problema definitivamente. Precisamos que nos ajude, que façam algo que dure, não uma solução descartável", disparou a secretária Luana Souza de 27 anos.

Para Fernando Cardoso de 42 anos, cada vez que chove o medo dos moradores aumenta, pois a cratera pode aumentar ainda mais. "Esse é um bairro antigo, se fosse novo, nós até entenderíamos, mas já tem cerca de 40 anos. Bairros que surgiram depois já estão bem melhores e o da gente continua na mesma. Temos medo até da chuva e isso não é algo normal", disparou outro morador.

(Condutores fazem manobras no local. Foto: Geovanni Gomes)

Conforme outro morador, Carlos Siqueira de 44 anos, ele tem até vergonha de chamar os parentes para irem até sua casa. "Ficamos sem jeito de chamar, a rua é praticamente intransitável, dois carros não conseguem passar ao mesmo tempo e tenho medo de qualquer hora um veículo cair no abismo", ressaltou.

Não é a primeira vez que o grande buraco é divulgado pelo Top Mídia News. Em janeiro deste ano os moradores denunciaram o problema, meses depois, equipes da prefeitura foram ao local e 'maquiaram' os buracos que em menos de seis meses voltaram a aparecer.

A equipe de reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa, para verificar quando o problema da população terá uma solução, mas até o fechamento desta matéria não obteve respostas do município.

Veja também