Menu
Busca sexta, 21 de fevereiro de 2020
Cidade Morena

Vereadores analisam proposta para regulamentar bicicletas elétricas em Campo Grande

Regras como uso de capacete e educação de trânsito estão previstas

10 fevereiro 2020 - 13h16Por Rayani Santa Cruz

A cada dia, o uso e tráfego de bicicletas elétricas têm aumentado em Campo Grande. Para evitar problemas futuros, regras e até educação de trânsito devem chegar àqueles que aderiram às bikes e demais meios de transporte elétricos, por meio de lei que vai regulamentar o uso.

De acordo com o vereador Wellington de Oliveira (PSDB), a proposta foi elaborada e entregue à Câmara na semana passada. Agora o texto vai passar por comissões e audiências públicas. “A gente precisa normatizar porque o número de pessoas utilizando está aumentando e, para evitar acidentes, criamos esse projeto de lei municipal que está de acordo com normas do Contran”, explicou o parlamentar.

Wellington disse também que existe um projeto semelhante do vereador Carlão (PSB), mas que não abrange todos os veículos elétricos como patinete e skates. “Ele provavelmente deve assinar também essa proposta. Nós entendemos que devemos organizar para ficar bom para todos”.

O projeto de lei ainda não está totalmente fechado e existe a possibilidade de inserção de mais regras, após discussão com a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) e audiências. A regulamentação vai indicar se as pessoas deverão andar em ciclovias ou ruas, uso de capacete e demais equipamentos de segurança e se será necessário fazer aulas/cursos de educação de trânsito.

“Existe regulamentações no Código de Trânsito Brasileiro. Temos, por exemplo, as regras para os ciclomotores de até 50 cilindradas, mas as bicicletas elétricas estão meio que num cenário cinzento porque não são atingidas por isso. É daí que entra a necessidade de o legislativo municipal intervir”, finalizou.