(67) 99826-0686
Origem - entregas

Católicos encaram fila de duas quadras para pegar aliança em bolo de Santo Antônio

Uma fila se estende até o cruzamento da Rua Calógeras com Sete de Setembro para pegar um pedaço do bolo recheado com 1.200 alianças

13 JUN 2019
Dany Nascinento
08h58min
Foto: Dany Nascinento

Considerado sucesso entre os católicos, o Bolo de Santo Antônio deste ano possui 25 metros e muitas pessoas encaram fila desde ás 5 horas desta quinta-feira (13), na Paróquia Santo Antônio no centro de Campo Grande, para comprar um pedaço do bolo com a chance de levar uma aliança para casa.

De acordo com o Paroquiano Pedro Fenelon, 55 anos, um total de 1.200 alianças foram distribuídas no bolo e um par de aliança de ouro. “Serão distribuídos sete mil pedaços, as pessoas chegaram cedo para ficar na fila e garantir o bolo. As meninas cortam ele com uma linha de nylon e a expectativa das pessoas é encontrar a aliança, com possibilidade de levar para casa uma aliança de ouro”.

Pedro explica que o Padre Odair Costa finalizou a missa ás 7h30, foi até o salão onde o bolo está exposto e fez a benção para o início das vendas.  Acompanhada de 30 pessoas, a confeiteira Ana Paula Navarro, 41 anos, afirma que a equipe terminou a confecção do bolo na noite de ontem (12).

“Esse ano foi mais tranquilo de fazer do que no ano passado, em 2018, eu fiquei 36 horas sem dormir e terminamos o bolo ás 4h30 para começar a distribuir ás 7 horas. Esse ano já foi mais tranquilo e estamos muito felizes com o resultado, com a alegria das pessoas, que vieram cedo saborear o bolo. Confeccionamos com 30 pessoas, mas hoje temos um total de 100 voluntários ajudando”, diz Ana Paula.

A aposentada Dirce Oliveira, 62 anos, afirma que frequenta a missa de Santo Antônio todo ano e compra um pedaço de bolo, mas se expectativa de encontrar uma aliança. “Eu já sou casada, normalmente as pessoas procuram casamento, mas se eu encontrar, eu recebo como benção. Venho todo ano”.

Assim como Dirce, a autônoma Carla da Costa, 35 anos, diz que sempre seguiu o catolicismo e já encontrou algumas alianças no bolo. “Eu ainda não sou casada, mas recebo a aliança mesmo como uma benção, como esperança de um mundo melhor, não tenho muita pressa para casar”.

A distribuição do bolo acontece até que o último pedaço seja entregue e a missa de encerramento será realizada ás 17h30, com uma procissão entorno da igreja.

Veja também