Menu
domingo, 27 de setembro de 2020
Cidade Morena

Censo Situacional traz raio-x de UPAs e CRSs e dá transparência para atendimentos e serviços

Ferramenta vai mostrar, por exemplo, se a escala médica está completa ou não

22 fevereiro 2019 - 15h30Por PMCG

A partir de agora, qualquer cidadão poderá ter acesso a informações atualizadas de forma dinâmica sobre os atendimentos e serviços das seis Unidades de Pronto Atendimento Médico (UPAs) e quatro Centros Regionais de Saúde (CRSs), através de uma ferramenta on-line. O Censo Situacional das UPAs e CRSs, implementado pela Coordenadoria de Urgência e Emergência da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), traz um diagnóstico real destas unidades, revelando ao usuário, por exemplo, se a escala médica está completa ou não, a quantidade de profissionais escalados e de pacientes aguardando atendimento.

O secretário municipal de Saúde, Marcelo Vilela, destaca que o objetivo da ferramenta é garantir a transparência do serviço, não somente para os usuários, mas também para os órgãos controladores e de fiscalização e, por sua vez, dar subsídios à gestão para que possa intervir de maneira imediata quando um problema for identificado. A ferramenta estará atrelada ao sistema de monitoramento da Sala de Situação da coordenadoria de urgência, que funciona 24 horas.

“A intenção é trazer informações fidedignas e atualizadas para quem for procurar o atendimento em uma das dez unidades de urgência. Uma das principais reclamações destes usuários é de que as escalas prévias divulgadas não correspondem com a realidade. Por isso, a necessidade de sermos transparente o que, consequentemente, vai ajudar à população”, disse.

Através do link disponibilizado abaixo, o usuário terá ao quadro do Censo Situacional, onde é possível consultar o “status” de cada unidade, quantidade de médicos escalados, clínicos e pediatras e onde há disponível o aparelho de raio-x.

O gráfico em radar traz ao paciente um cenário das unidades considerando a quantidade de médicos, fichas (pacientes aguardando atendimento) e pacientes em observação. Através desse indicador, é possível saber em qual unidade está com o atendimento mais crítico ou mais célere. Quanto mais afastado do centro o gráfico estiver, mais crítica é a situação da unidade.

As informações do Censo Situacional são atualizadas de forma dinâmica e ocorrem conforme na medida em que as unidades vão alimentando o sistema.

Leia Também

Presidente do TSE pede cuidado com pandemia e fake news
Política
Presidente do TSE pede cuidado com pandemia e fake news
NA LATA: governo Bolsonaro mente pra esconder queimada no Pantanal
Na Lata
NA LATA: governo Bolsonaro mente pra esconder queimada no Pantanal
Criança de 2 anos desaparece no Rio Paraguai e bombeiros fazem buscas
Interior
Criança de 2 anos desaparece no Rio Paraguai e bombeiros fazem buscas
Batida frontal entre caminhões deixa um morto na BR-262
Interior
Batida frontal entre caminhões deixa um morto na BR-262