TCE Julho  17 a 19/07 e 22 a 25/07
(67) 99826-0686
PMCG - REFIS 01 a 30/07/2019

Chuva dá trégua e obras do Reviva são retomadas no Centro

Confira quais são os trechos interditados e reprograme sua rota

11 ABR 2019
PMCG
18h28min
Foto: PMCG

O tempo firme e o empenho das equipes estão garantindo a aceleração dos serviços na obra de requalificação da Rua 14 de Julho. De acordo com dados da Engepar, empresa executora da obra, a rede de esgoto já está concluída em todo o trecho, da Avenida Fernando Corrêa da Costa até a Mato Grosso. O trabalho retirou toda a tubulação antiga, substituindo pela nova. A parte mais pesada da infraestrutura na obra, que demandou um grande trabalho de escavação, a drenagem, também está praticamente concluída.

Simultaneamente às obras de revitalização da Rua 14 de Julho, a Companhia de Gás do Estado de Mato Grosso do Sul (MSGÁS) está fazendo a expansão da rede de gás natural para atender os comerciantes e moradores da região. Serão 2,5 quilômetros de rede, da Fernando Corrêa da Costa até a Avenida Mato Grosso, e investimentos que poderão chegar a R$ 2 milhões. Até agora, foram executadas, aproximadamente, 80% das obras de tubulação de gás natural.

Outra tarefa visando adiantar o cronograma é a instalação da nova rede subterrânea, onde já foram lançados 20% dos cabos de energia.

Interdição parcial

Esta semana, na Avenida Afonso Pena com a Rua 14 de Julho, está sendo feita a impermeabilização das caixas pré-moldadas de telecomunicação e elétrica. São caixas onde são instalados os equipamentos e há a interface entre as redes das ruas que cruzam a 14 e a nova instalação. A previsão de execução dos trabalhos é de 3 a 4 dias. Neste período, o trecho está reduzido a uma faixa de rolamento.

Entre as Ruas Maracaju e Antônio Maria Coelho, está sendo finalizado o embutimento das infraestruturas e, na sequência, começam a preparar o pavimento. O cronograma das obras está dentro do prazo.

Os trechos que permanecem interditados são: na 14, entre a 15 de Novembro e a Afonso Pena – com previsão de liberação na próxima semana; da Afonso Pena até a Barão (cruzamento, inclusive) e da Barão até a Dom Aquino. Além disso, entre a Maracaju e Antônio Maria Coelho.

Veja também