TJMS dezembro
Menu
Busca segunda, 09 de dezembro de 2019
Cidade Morena

Cobras, escorpiões e criminalidade tomam conta de terreno sujo que apavora vizinhança

No Portal Caiobá, problema já fez aniversário e nada de solução a vista

29 abril 2019 - 11h10Por Amanda Amaral

Mato alto vira habitat para animais peçonhentos e o esconderijo perfeito para criminosos no Portal Caiobá, extremo oeste de Campo Grande. Moradores da Rua Gaia, onde fica a área suja ao redor da chácara Santa Laura, reclamam nunca poderem ‘baixar a guarda’.

Vizinha do terreno, a auxiliar de produção Juliana de Paula Dantas, 34 anos, já encontrou cobra e escorpiões na própria casa. “Um dia eu entrei em casa e a cobra coral caiu da calha, viva. Outro dia era escorpião na lavanderia. Não tive como, tive que matar. A gente deixa a casa limpa, limpamos em volta, mas não adianta”, relata.

Outros moradores, inclusive de residências com crianças, também já tiveram as visitas nada bem-vindas de escorpiões. O medo também é de pessoas que se escondem na chácara com intuito de cometer crimes na região.

“Já vimos gente ali e foi mais de uma vez, esses tempos invadiram e o dono apareceu. Mas ninguém sabe quem é, se é daqui da cidade, se é político, porque não adianta reclamar. Tem que mostrar pra acreditarem”, reclama.

Cuidados

A Secretaria de Estado de Saúde (SES), por meio do Centro Integrado de Vigilância Toxicológica (Civitox), informa sobre os cuidados que a população deve tomar para evitar acidentes por animais peçonhentos, como escorpiões, aranhas e cobras.

Casos como esses devem ser comunicados ao órgão, que oferece suporte técnico-científico, orientação, conduta, em toxicologia clínica, e notificação, pelos telefones 0800 722 6001, (67) 3386-8655 ou 150.

Denúncia

A Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana) é responsável por fiscalizar terrenos sujos em Campo Grande. Denúncias podem ser feitas através de ligações ao número 156, e também quando observado o ato de um descarte irregular de resíduos pelo número 153 da Guarda Civil Metropolitana.

Repórter Top

Você também pode enviar flagrantes, acidentes, denúncias, fotos, informações que podem virar notícia no nosso site, mandando via WhatsApp pelo número (67) 99826-0686.