Menu
sábado, 24 de julho de 2021
PMCG REFIS 16 A 29/07
Cidade Morena

Com 198 celulares doados, alunos da Reme em situação de vulnerabilidade serão beneficiados

O objetivo é que eles possam dar continuidade às aulas à distância, realizadas durante o período da pandemia da covid-19

15 junho 2021 - 14h00Por Rayani Santa Cruz

A Semed (Secretaria Municipal de Educação) recebeu os primeiros 198 aparelhos celulares do Projeto Transforme, do Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul, para serem entregues aos alunos em situação de vulnerabilidade social da Reme (Rede Municipal de Educação). O objetivo é que eles possam dar continuidade às aulas à distância.

Os celulares foram entregues nesta segunda-feira (14), para a secretária de Educação Elza Fernandes, pela promotora de Justiça Jiskia Sandri Trentin. Os aparelhos, que foram formatados por alunos do curso de análise de sistemas da Faculdade Estácio de Sá, estão prontos para o uso. A Semed vai organizar e fazer a distribuição dos celulares.

Outros 1.203 estão em processo de formatação, na instituição de ensino, os quais, depois da configuração, serão também distribuídos aos alunos da Reme para o uso escolar. “A parceria é de grande importância, pois muitos alunos que precisam, agora vão conseguir receber o celular para acompanharem melhor as aulas à distância”, afirma a secretária Elza Fernandes.

Esta é a primeira vez que a secretaria recebe os aparelhos. Eles foram doados pela Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário). 

Antes da parceria, os aparelhos serviam de provas em processos penais e, posteriormente, eram descartados com autorização judicial. A partir de agora, os que se encontram em bom estado de conservação serão entregues ao MPMS, que fará o repasse para uma das instituições de ensino superior parceiras (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Estácio de Sá ou Universidade Católica Dom Bosco (UCDB).

A previsão é de que as atividades presenciais nas escolas sejam retomadas no segundo semestre. Na programação de volta às aulas, as escolas realizarão, de 19 a 23 de julho, uma formação sobre os protocolos de biossegurança, com os profissionais das unidades escolares.

Leia Também

Instituto questiona retorno das aulas presenciais em Campo Grande
Cidade Morena
Instituto questiona retorno das aulas presenciais em Campo Grande
Infrações ambientais crescem em MS e multas chegam a R$ 9 milhões
Polícia
Infrações ambientais crescem em MS e multas chegam a R$ 9 milhões
Durante roubo, homem é sequestrado quando saía de casa na fronteira
Polícia
Durante roubo, homem é sequestrado quando saía de casa na fronteira
'Batia em tudo, porque estava bêbado', diz criança que apanhava do pai
Polícia
'Batia em tudo, porque estava bêbado', diz criança que apanhava do pai